Curiosidades » Personagem

A curiosa teoria conspiratória que liga Anne Hathaway e Shakespeare

Em 2018, um perfil no Twitter trouxe algumas pistas inusitadas que, durante anos, sustentaram teorias acerca dos artistas

Pamela Malva Publicado em 01/12/2021, às 18h00

Fotografia de Anne Hathaway e pintura de William Shakespeare
Fotografia de Anne Hathaway e pintura de William Shakespeare - Getty Images/ Domínio Público/ Creative Commons/ Wikimedia Commons

Em agosto de 2001, a premiada atriz Anne Hathaway conquistou milhares de fãs com sua interpretação em ‘O Diário da Princesa’, da Disney. Dando vida a uma jovem que acaba de descobrir sua verdadeira origem na realeza, a artista marcou gerações.

Mais tarde, em 2012, fez história ao representar Fantine na adaptação do musical ‘Os Miseráveis’ — papel que lhe rendeu 5 dos seus 6 prêmios, incluindo um Oscar e um Globo de Ouro. Mas foi por sua interpretação como Andy Sachs no clássico ‘O Diabo Veste Prada’, de 2006, que o nome de Hathaway realmente fez sucesso entre os fãs.

Em meados de 2018, contudo, não foram nenhum dos papéis da icônica atriz que chamaram atenção de uma usuária do Twitter. Longe de qualquer trabalho de Hathaway, o que realmente surpreendeu os internautas foi uma suposta e bizarra relação entre a artista nascida em 1982 e o poeta William Shakespeare.

Shakespeare com sua família. Anne, sua esposa, aparece no canto direito, costurando / Crédito: Domínio Público

 

O começo de tudo

No dia 1º de julho de 2018, um perfil no Twitter decidiu compartilhar uma grande teoria da conspiração com seus seguidores. Segundo o usuário, era impossível ignorar a semelhança entre Adam Shulman, o marido de Anne Hathaway, com quem ela se casou em 2012, e o dramaturgo inglês William Shakespeare, morto em 1616.

“As pessoas falam da Anne Hathaway por sua beleza, mas e o fato de seu marido ser muito parecido com William Shakespeare?”, questionou o criador da publicação. No post, o perfil ainda trazia imagens de Shulman ao lado do poeta britânico.

Para a surpresa dos internautas, contudo, as semelhanças entre a atriz norte-americana e o dramaturgo não acabavam por aí. Acontece que, segundo apontou o próprio usuário do Twitter, a esposa de William Shakespeare também se chavama Anne Hathaway.

Anne, seu marido Adam Shulman e pintura de Shakespeare / Crédito: Getty Images/ Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

Uma coincidência de séculos

Nascida em Shottery, na Inglaterra, em meados de 1556, Anne Hathaway casou-se com Shakespeare em novembro de 1582, quando a jovem tinha 26 anos e o dramaturgo, apenas 18. Na época, ela já estava grávida com a primeira filha do casal, Susanna Hall.

Herdeira de um agricultor, Hathaway teve mais dois filhos, os gêmeos Hamnet e Judith Quiney, ambos batizados em fevereiro de 1585. Décadas mais tarde, quando tinha entre 66 e 67 anos, Anne faleceu, em 1623, seis anos depois de Shakespeare.

A artista Anne Hathaway veio ao mundo apenas 359 anos mais tarde — e do outro lado do Oceano Atlântico. Filha de um advogado e de uma ex-atriz, ela nasceu no Brooklyn, em Nova York, e cresceu com ascendências irlandesa, francesa, alemã e inglesa.

Foto de  Anne Hathaway e gravura da esposa de Shakespeare / Crédito: Getty Images/ JschneiderWiki via Wikimedia Commons

 

As teorias conspiratórias

Acontece que, para os internautas, as curiosidades que ligavam William Shakespeare e Anne Hathaway tinham que ter alguma explicação. Afinal, todos os pontos das narrativas se encaixavam muito bem, desde os nomes, até as similaridades físicas dos homens.

Dessa forma, os usuários das redes sociais passaram a criar as mais diversas teorias da conspiração para justificar os casais parecidos, tanto em nome, quanto em rosto. Assim, surgiram hipóteses de que Hathaway, na verdade, seria uma vampira que não envelhece, mas continua encontrando seu amado com o passar dos séculos.

Em seguida, vieram defensores da ideia de que Anna e seu marido são viajantes do tempo, que mudam de nome de vez em quando — como Shakespeare teria feito para se chamar Adam Shulman. Por fim, surgiram as teorias sobre reencarnação, que sugerem que, de tão apaixonados, o casal volta à vida toda a vez, para se encontrar novamente.

Desas forma, é indiscutível que as semelhanças entre os casais separados por quase 360 anos são muitas, mas existe um fato que não sai da cabeça dos internautas. Seja em filmes de 2001, ou de 2021, Anne Hathaway continua com o mesmo rosto, sem parecer envelhecer — fato que, para os internautas, apenas confirma algumas teorias.