Curiosidades » Guerras

Da marcha da morte a crianças perdidas: 10 curiosidades sobre a Segunda Guerra

Saiba mais sobre o conflito que mudou os rumos da humanidade

Redação Publicado em 05/09/2020, às 10h00

Soldados durante a batalha de Khalkhin Gol
Soldados durante a batalha de Khalkhin Gol - Wikimedia Commons

A Segunda Guerra Mundial foi oficialmente finalizada 2 de setembro de 1945, quando os japoneses se renderam. Pensando nos 75 anos do fim do conflito, o canal National Geographic exibirá no dia 6 de setembro, a partir das 18h, o Especial Segunda Guerra Mundial, que conta com duas séries: Obras do Nazismo: Grandes Conflitos e Inferno Submerso. 

Obras do Nazismo: Grandes Combates

Na busca pelo domínio do mundo, os nazistas e seus aliados japoneses construíram algumas das maiores e mais mortais peças de hardware militar e tecnologia malévola da história. Obras do Nazismo conta as histórias das mentes da engenharia que projetaram nas e revelam como essas estruturas provocaram revoluções tecnológicas que mudaram a guerra para sempre.

Inferno Submerso

Inferno Submerso é uma série baseada em eventos reais que mostram o jogo furtivo da guerra submarina, do contato ao ataque das maiores patrulhas submarinas da Segunda Guerra Mundial. Desde a ascensão do Wolfpack à luta pela vitória no Pacífico, conheça os idealizadores que reuniram a estratégia, a tecnologia e as táticas para transformar o pior pesadelo de todos os velejadores em realidade.

Para aquecer, confira uma lista com 10 curiosidades sobre o conflito que modificou o mundo.

1. A grande marcha da morte

Em 18 de janeiro de 1945, no meio de uma nevasca, os últimos prisioneiros de Auschwitz foram forçados a realizar o que ficou conhecido como a marcha da morte em direção à fronteira alemã. Estima-se que 15 mil prisioneiros do complexo de campos de Auschwitz tenham morrido nas marchas que levavam dias, atravessando a Polônia em direção à fronteira da Alemanha.

2. Sangue em Stalingrado

A Batalha de Stalingrado, que foi um grande combate travado entre a Wehrmacht (o exército da Alemanha Nazista) e seus aliados do Eixo contra as tropas da União, é considerada um dos conflitos mais cruciais e dramáticos da Segunda Guerra Mundial.  O objetivo da Wehrmach era tomar posse da cidade de Stalingrado (atual Volgogrado). O cerco à cidade durou cerca de seis meses e os soviéticos conseguiram evitar a invasão nazista no país. Contudo, com um número estimado de mortos rondando 1,8 milhão de pessoas, o evento ficou conhecido como a batalha mais sangrenta da História.

3. Mulheres soviéticas

Os soviéticos treinaram cerca de 2 mil mulheres para atuarem como franco-atiradoras durante a guerra e algumas delas chegaram a ficar entre os militares mais mortais do Exército Vermelho. As mais famosas dessas atiradoras certamente foram Roza Shanina e Lyudmila Pavlichenko, com 59 e 309 mortes confirmadas, respectivamente.

4. Mudança de planos

Bombas atômicas precisavam ser lançadas visualmente e não podiam depender de radares, o que exigia boas condições atmosféricas. Após o bombardeio de Hiroshima em 6 de agosto de 1945, os Estados Unidos planejavam lançar a próxima arma atômica em 10 de agosto, mas uma previsão de céu nublado constante os fez antecipar seus planos.

5. O diário de Frank

A jovem Anne Frank / Crédito: Wikimedia Commons

 

“O Diário de Anne Frank” é o texto mais lido originado pelo Holocausto, o genocídio de judeus pelos nazistas na Europa. Os relatos da jovem impressionam pela precocidade dos pensamentos e estilo literário. O seu pai, Otto Frank, decidiu editá-lo e prepará-lo para publicação, que aconteceu em 25 de junho de 1947.  Até hoje, foram vendidas mais de 30 milhões de cópias em mais de 50 línguas e entrando no currículo das escolas do mundo todo. 

6. Bombas devastadoras

Durante toda a duração da guerra, estima-se que as forças aliadas (França, Inglaterra, EUA e, posteriormente, URSS) tenham despejado um total de 3.4 milhões de toneladas de bombas, uma média de 27.700 toneladas por mês. E os efeitos ainda são sentidos. Todos os anos, algumas cidades são surpreendidas com bombas que causam evacuações.

7. Protestos contra o tirano

Pintura representando Adolf Hitler /Crédito: Getty Images

 

Os jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, foram os últimos antes da pausa de mais de uma década sem o evento por conta do início da Segunda Guerra Mundial. Na edição de 1936, Adolf Hitler proibiu atletas judeus de competirem, o que causou protestos em países como Estados Unidos, França, Suécia, entre outros.

8. O jovem combatente

Calvin Graham foi um estadunidense que ficou conhecido por se tornar o membro mais jovem de todo o exército dos EUA. Aos 12 anos, ele mentiu sobre a sua idade para entrar na Marinha e sua mentira acabou sendo descoberta somente um bom tempo depois, quando ele foi ferido em uma batalha.

9. A participação de Elizabeth II

Poucos sabem, mas a Rainha Elizabeth II, do Reino Unido, serviu como motorista e técnica em mecânica durante a Segunda Guerra Mundial, bem antes de se tornar Rainha. Em 1945, poucos meses antes do fim da guerra, aos 19 anos, a futura monarca decidiu que queria ajudar sua nação de alguma forma e ingressou no exército, atuando no Serviço Territorial Auxiliar das Mulheres, que era o ramo feminino no serviço militar britânico, atuando como motorista e mecânica, sendo responsável por dirigir os caminhões militares.

10. Crianças-lobo

No período pós-Segunda Guerra, muitas crianças ficaram sem os pais, muitas dessas crianças ficaram isoladas da humanidade e foram comparadas a lobos sem rumo e famintos, pois se viram obrigadas a vagarem por florestas implacáveis para poder sobreviver. Elas ficaram conhecidas como as “crianças-lobo”.


++Saiba mais sobre a Segunda Guerra Multial através de obras disponíveis na Amazon Brasil

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W