Curiosidades » Curiosidades

De restos mortais a estruturas misteriosas: 5 coisas já reveladas pelo Google Earth

A tecnologia possibilitada pelo programa já fez com que inúmeras situações bizarras fossem identificadas ao redor do globo

Isabela Barreiros Publicado em 29/09/2020, às 16h24

Rodas peculiares encontradas pelo programa
Rodas peculiares encontradas pelo programa - Google Earth

O programa Google Earth foi lançado em 2001 e pode ser considerado um grande avanço para a tecnologia da forma geral. Se você estiver conectado à internet, é possível observar toda a superfície da Terra por meio de imagens feitas por satélite. 

Por ser um software muito moderno, sua assustadora eficácia já fez com que muitos episódios bizarros fossem desvendados pela tecnologia. Confira a seguir 5 vezes que o Google Earth nos deixou chocados por suas descobertas.

1. Um carro?

O automóvel (à esqu.) e William Moldt (à dir.) / Crédito: Google Earth

 

Em agosto do ano passado, um ex-morador do bairro Moon Bay Circle, Wellington, nos Estados Unidos, decidiu observar a sua antiga vizinhança no Google Earth, assim como muitos curiosos. Porém, ele percebeu que um carro estava no fundo do lago da região e entrou em contato com a polícia.

O caso se transformou em uma investigação: quando as autoridades foram investigar o automóvel, descobriram que dentro dele estava um cadáver. Tratava-se do corpo de  William Moldt, um homem que desapareceu na região em 1997, cujo destino permaneceu um mistério até a descoberta pelo programa. Segundo a polícia, Moldt caiu no lago com seu carro após perder o controle na via, voltando de uma casa noturna.


2. Sua família

Capa do filme inspirado nessa história / Crédito: Wikimedia Commons

 

Em 2012, a história de um homem que encontrou sua família por meio de pesquisas no Google Earth chocou o mundo. Saroo Brierley era de uma família muito pobre na Índia e muitas vezes pedia alimentos e esmolas em estações ferroviárias de Khandwa com seu irmão. Em uma dessas ocasiões, acabou entrando em um trem e se perdendo completamente.

Depois de chegar em um local desconhecido por ele, sem informações suficientes sobre sua família, a Sociedade Indiana de Patrocínio e Adoção ajudou para que ele fosse adotado por uma família australiana. Ele cresceu e no país mas, em 2011, começou a procurar mais sobre sua origem, seguindo as linhas ferroviárias em que passou sua infância, reconhecendo pontos familiares.

Um ano depois, foi até a cidade na Índia, buscando informações sobre uma família que perdeu o filho há 25 anos. Foi quando alguém o levou a sua mãe, irmã Shekila e o irmão Kellu. A história emocionante foi narrada por ele no livro A Long Way to Home (2013), que também deu origem ao filme Lion: Uma Jornada Para Casa (2016).


3. Pedras antigas e gigantes

Crédito: Google Earth

 

O Google Earth também já ajudou em pesquisas arqueológicas. Em 2017, enormes pedras foram localizadas pelo programa no deserto da Península Arábica, iniciando um mistério que ainda não foi totalmente respondido por pesquisadores que se envolveram no estudo em questão.

Foram identificadas pelo menos 400 estruturas que possuem tamanhos que vão de 13 a mais de 500 metros. Para os arqueólogos, elas podem datar de mais de 7 mil anos atrás e seus desenhos regulares intrigam porque o local em que elas foram encontradas é um campo vulcânico sem vida humana.


4. Rodas peculiares

Crédito: Google Earth

 

Em 2016, uma arte muito peculiar foi descoberta por meio de pesquisas no Google Earth na reserva da Zona Húmida de Azraq, na Jordânia. Depois que perceberam a existência das estruturas em forma de roda, pesquisadores do Arquivo Fotográfico Aéreo de Arqueologia no Oriente Médio (APAAME) se dispuseram a entender o que, de fato, era aquilo.

Segundo os especialistas, as linhas podem ser muito antigas, datando de cerca de 8.500 anos. Os círculos possuem designs variados: alguns possuem raios que saem do centro e outros não são nem ao menos rodas, tendo formas quadradas, retangulares e até triangulares. Ainda não se sabe exatamente porque essas estruturas foram construídas.


5. Colisão alienígena?

Crédito: Google Earth

 

Em setembro do ano passado, no fórum do Reddit, o usuário Hey-man-Shabozi publicou um vídeo feito por meio do Google Earth em que mostrava um curioso objeto nas Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, perto do Ártico. “O que tem mais de 60 metros de comprimento, projeta uma sombra de 15 metros e parece ter colidido no Ártico, movendo-se tão rápido que deslizou quase um quilômetro?”, questionou.

O que o indivíduo estava pensando era que talvez aquilo poderia ter sido causado por uma colisão alienígena. Mesmo que aquilo pareça apenas o resultado de uma avalanche, surgiram inúmeros questionamentos sobre o que parecia ser um objeto comprido, que pode ter criado uma trilha reta longe da área em que supostamente ocorreu uma colisão. O caso continua em aberto, embora, na época, muitos tenham pedido por investigações de autoridades.