Curiosidades » Religião

De teletransporte a levitação: conheça os 7 milagres mais exuberantes dos santos

Veja os milagres que exigem um bocado de fé para acreditar

Thiago Lincolins Publicado em 04/04/2019, às 10h00

Encenação moderna de São Cupertino
YouTube/Reprodução

Milagre, por definição, é uma quebra das regras deste mundo. Mas algumas quebras são maiores que outras: uma coisa é fazer um câncer receder. Outra é decolar e dar voltas em torno da Igreja.

Santos famosos, como Santo Antônio, não estão livres de milagres exuberantes. A ele se atribui ter se teletransportado da Itália até Portugal para salvar o pai, que seria enforcado – o que nem é tão impressionante assim, considerando-se que outros santos podiam tanto se teletransportar quanto continuar no mesmo lugar, virando dois ao mesmo tempo.

Veja este e outros seis milagres que exigem um bocado de fé para acreditar:


7. Milagre 2.0

Frei Galvão /Reprodução

Em 2007, a brasileira Ana Maria Dykes, moradora dos Estados Unidos, depois de receber a notícia de que possivelmente estava com câncer, ligou para a irmã no Brasil, que lhe recomendou as pílulas do Frei Galvão, canonizado em maio daquele ano. Ana Maria não tinha como obter as milagrosas pílulas a tempo. Resolveu então acender velas virtuais no site do santo. Após alguns dias, o tumor teria sumido.


6. A casa voadora

A Santa Casa de Loreto, na Itália / Wikimedia Commons

A Santa Casa de Loreto, na Itália, teria aterrissado no país em 1291. Isso mesmo. O milagre, atribuído a Nossa Senhora de Loreto, fez com que a tal casa, localizada em Nazaré, terra sagrada para os católicos e recém-perdida nas cruzadas, voasse da Palestina para a Dalmácia, na atual Croácia, e depois para Loreto.


5. Telemilagre

Santa Clara De Assis / Wikimedia Commons

Santa Clara de Assis estava tão doente que não conseguiu acompanhar as irmãs do convento na celebração da missa de Natal. Mas ela não perdeu a missa. Um milagre fez com que conseguisse acompanhar do seu quarto tudo o que acontecia, projetado na parede e com som. Quando as outras freiras voltaram, descreveu tudo em detalhes a elas. No século 20, o Papa Pio XII a nomeou como a "padroeira da televisão".


4. Fugindo da barriga do dragão

Santa Margarida e o dragão / Reprodução

Margarida de Antioquia, mais conhecida como Santa Margarida, despertou a cobiça do governador Olybrus, que propôs-lhe casamento. Ele era considerado um bom partido, mas impôs a condição de que ela devia renunciar ao cristianismo. Margarida não aceitou e foi presa e torturada, queimada e fervida viva, sem resultados. Em meio a isso, o próprio Satã tentou ajudar os romanos, transformando-se em um dragão e devorando-a inteira. A santa conseguiu escapar após rasgar a pele do animal com seu crucifixo. Por causa disso, ainda que tenha morrido virgem, é considerada a padroeira das gestantes. 


3. O milagre da multiplicação dos santos

O Frei Martinho de Porres / Wikimedia Commons

"Eu te medico, Deus te cura": foi assim que o frei Martinho de Porres ficou conhecido. Ajudava pessoas que estavam doentes, dizendo que curava com o auxilio das plantas que cultivava em sua própria horta. O que fez com que vários que o conheceram, em suas viagens pelo mundo, quisessem tê-lo por perto quando ficavam doentes. Sem problemas: o santo podia estar em dois lugares ao mesmo tempo. Sem nunca sair de sua Lima natal, foi visto no Japão, China, Filipinas, México, África e França. E ele está longe de estar sozinho: o milagre da "bilocação" é toda uma categoria. São Cupertino, o que voava, é um dos colegas de Martinho a se duplicar.


2. Antigravidade

José de Copertino voando sobre as pessoas / Reprodução

São José de Cupertino, segundo a Igreja Católica, teria o dom de voar. O milagre aconteceu após o santo entrar em um profundo transe religioso que o fez sobrevoar as pessoas que estavam em sua volta – inclusive repetiu o feito na frente do Papa Urbano VIII. Cupertino levitava tanto que foi julgado pela inquisição e transferido para múltiplos mosteiros para não causar problemas. Hoje é o padroeiro dos pilotos. Mas não foi único santo a decolar.


1. Esguicho de sabedoria

São Bernardo e a Virgem Maria / Reprodução

Fundador da Ordem de Cister e ideólogo das cruzadas, o abade Bernardo de Claraval tinha fama de sábio. Mas não nasceu assim. São Bernardo estava ajoelhado diante de uma imagem de Virgem Maria  ou, em outras versões, foi uma visão. Teria, então, falado: "Mostre que é uma mãe". A imagem (ou aparição) respondeu mandando um potente jato de leite direto na sua boca, a uma distância considerável. A sabedoria do abade se multiplicou com a nutrição concedida pelo santo leite.