Curiosidades » Música

Do namoro com Ney Matogrosso às polêmicas na carreira: 5 fatos sobre Cazuza

O cantor “exagerado” tinha personalidade forte e foi como um furacão na música popular brasileira

Isabela Barreiros Publicado em 09/06/2020, às 16h16

Cazuza, cantor brasileiro
Cazuza, cantor brasileiro - Divulgação

1. Exagerado

Cazuza é conhecido por ter tido uma personalidade muito forte, que mobilizou o país. Exagerado provavelmente é o adjetivo que mais o definia, nome de uma de suas canções mais famosas e importantes de sua carreira.

Mas isso não era levado apenas para o lado positivo: o uso de drogas também foi progressivo na vida do cantor. Ele frequentemente abusava na bebida alcóolica e, quando ainda tocava para a banda Barão Vermelho, não conseguia subir no palco antes de usar alguma substância psicoativa.


2. AIDS

Cazuza mais magro, durante apresentação / Crédito: Divulgação 

 

Em pleno ano de 1987, quando o HIV ainda era considerado um tabu, Cazuza admitiu publicamente ter Aids, sendo a primeira personalidade nacional a fazer essa declaração na época. Sua sinceridade e transparência ajudaram muitas vítimas a lidarem com a doença, que eram vistas com olhares preconceituosos. 

Ele decidiu, assim, permanecer trabalhando, e passou alguns dias em Boston, nos Estados Unidos, em busca de tratamento com AZT, a única droga existente na época capaz de combater o vírus. Ao mesmo tempo, lançou o icônico álbum Ideologia (1988) e fez uma turnê pelo país, chegando até mesmo a receber o Prêmio Sharp de Música.


3. Ney

Crédito: Divulgação

 

Cazuza e Ney Matogrosso se conheceram em 1979, quando o primeiro tinha apenas 17 anos e o outro era 22 anos mais velho, aos seus 39 anos e com um sucesso já estabelecido com a banda Secos e Molhados. Engataram rapidamente em um relacionamento, que, segundo Ney, "durou pouco, mas foi muito intenso".

Foram apenas quatro meses de namoro, mas “o amor permaneceu e permanece até hoje”. "Hoje seríamos amigos como fomos até o fim da vida dele. A morte não apaga essas coisas de dentro da gente”. O relacionamento entre os dois acabou devido ao contínuo envolvimento de Cazuza com as drogas, em especial a cocaína.


4. Carreira solo

A Barão Vermelho foi uma das bandas de rock mais importantes e influentes dos anos 1980. O conjunto inicial era formado por Guto Goffi, na bateria, Maurício Barros, no teclado, Dé, no baixo, Frejat, na guitarra, e, por fim, tinha Cazuza como vocalista. Eles ficaram juntos desde o surgimento, em 1981, até 1985.

Cazuza já demonstrava ter interesse em construir uma carreira solo e, em 1985, decidiu deixar o grupo, pois sua loucura já não cabia no conjunto. Assim, ele continuou a escrever suas poesias musicais, tocando em assuntos como preconceito e erotismo, causando grande polêmica na tradicional família do Brasil dos anos 80.


5. Sexualidade

Crédito: Divulgação

 

No livro Só as Mães São Felizes (1997), a mãe de Cazuza, Lucinha Araújo, narrou um episódio em que, sem delongas, questionou o jovem sobre sua sexualidade: “meu filho, você é homossexual?”. Tranquilamente, ele respondeu: “olha, mãe, eu não sou nem uma coisa nem outra, porque nada é definitivo na vida. Você pode dizer que eu seja bissexual, porque não fiz minha escolha ainda. Um dia posso gostar de um homem como, no outro, gostar de uma mulher. Então não fique preocupada com isso”.

Posteriormente, o cantor afirmou ser bissexual. Ao longo de sua vida, se apaixonou por homens e mulheres, tendo relacionamentos afetivos e sexuais com ambos os gêneros e sendo alvo de diversas polêmicas devido a sua sexualidade.


+ Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo disponíveis na Amazon:

O tempo não para – Viva Cazuza, Lucinha Araújo (2012) - https://amzn.to/363ZUh1

Cazuza: Segredos de Liquidificador, Rafael Julião (2019) - https://amzn.to/3antEsg

Só as mães são felizes, de Lucinha Araujo ( 2014) - https://amzn.to/2vNJr4a

Uma história da música popular brasileira: das Origens à Modernidade, de Jairo Severiano ( 2008) - https://amzn.to/3cDiEs4

Da bossa nova à tropicália (Descobrindo o Brasil), de Santuza Cambraia Naves ( 2001) - https://amzn.to/2v0lOFn

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W