Curiosidades » Cultura

'Emma e o sexo': o eletrizante romance erótico que aborda não monogamia e empoderamento

Escrito por Ilana Eleá, o livro retrata tabus ainda recorrentes na sociedade pós-moderna

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 25/08/2021, às 17h37

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Imagem de S. Hermann & F. Richter por Pixabay

Lançado pela Editora E-galaxia, o eletrizante romance erótico 'Emma e o sexo', da doutora em Educação pela PUC-Rio, Ilana Eleá, aborda a não monogamia e o empoderamento feminino. 

[Colocar ALT]
Emma e o sexo, de Ilana Eleá (2020) / Crédito: Divulgação / Editora E-galaxia

A partir da saga da personagem Emma, a autora retrata tabus sociais e violências sobre os corpos das mulheres. Por outro lado, a escritora lança luz sobre os prazeres femininos e o autoconhecimento. 

Especializada em sexualidade, a protagonista chega ao Rio de Janeiro para realizar uma pesquisa sobre amor, sexo e empoderamento feminino. Os estudos fazem parte do seu projeto de mestrado em Antropologia, pela Universidade de Estocolmo.

Emma, por sua vez, é uma jovem antropóloga, filha de pai brasileiro e mãe sueca. No decorrer da trama, a personagem irá se deparar com uma série de eventos que irão fazê-la sentir desejos profundos, fantasias e autoconhecimento.

Nesta eletrizante obra, os leitores irão se deparar, ainda, com importantes temáticas que são consideradas tabus pela sociedade pós-moderna. Dentre os temas estão: masturbação, pompoarismo, pornô feminista, afrofunk e sexualidade.

Disponível na Amazon em formato Kindle e edição física, 'Emma e o sexo', em suma, é perfeita para quem busca por um bom romance erótico e que ao mesmo tempo mescla temáticas sociais.

Confira um trecho da obra disponível na Amazon: 

Quando Juliana abriu a porta do seu quarto, tocava a música "All the ways love can feel", do Maxwell, na pequena caixa de som conectada ao celular. Uma placa azul com a palavra STOCKHOLM estava pendurada na parede. 

— Meu namorado trouxe de viagem — contou. 

Ao perceber a coincidência, a antropológa sorriu com os olhos surpresos. A anfitriã então perguntou, gentilmente se Emma preferiria iniciar a entrevista ali mesmo ou descer para o bar mais próximo primeiro. 


+Saiba mais sobre esta e outras obras de Ilana Eleá disponíveis na Amazon: 

Emma e o sexo, de Ilana Eleá (2020) - https://amzn.to/3mxdUM7

Encontros de neve e sol, de Ilana Eleá (2020) - https://amzn.to/3zlctni

Ela foi para a Suécia, de Ilana Eleá - https://amzn.to/3ygtj5D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W