Curiosidades » Inglaterra

Gigante de Cerne Abbas: O que essa figura depravada faz em um campo da Inglaterra?

A origem do desenho ainda é debatida por estudiosos. Entretanto, pesquisadores acreditam que seria um ataque ao puritanismo de Oliver Cromwell

Vinícius Buono Publicado em 29/08/2019, às 10h30

O Gigante de Cerne Abbas
O Gigante de Cerne Abbas - Reprodução

No sudoeste da Inglaterra, próximo ao vilarejo de Cerne Abbas, no condado de Dorset, um geóglifo de 55 metros se faz visível na encosta de uma colina: o Gigante de Cerne Abbas.

Como se um antigo desenho gigantesco já não chamasse atenção o suficiente, existe um detalhe que o torna ainda mais peculiar: além de estar nu, seu pênis está visivelmente ereto.

Muito se especula sobre a origem do obsceno desenho. Por estar segurando uma clava, alguns argumentam que ele é uma representação de Hércules, deus greco-romano, de uma maneira bem diferente do que foi retratado na animação da Disney. Já foram encontradas evidências de que algumas linhas teriam sido apagadas com o tempo. Elas formariam a capa feita da pele do Leão de Neméia.

Outros dizem que ele é uma divindade saxônica, uma figura mitológica celta ou alguma combinação sincrética entre os três.

A explicação mais provável, porém, não tem nada a ver com isso e nem com alienígenas, como amam dizer alguns sobre as Linhas de Nazca, desenhos semelhantes encontrados no Peru. 

O gigante insólito / Crédito: Reprodução

 

A ausência de referências mostra que o mais provável é que ele seja uma sátira política originária do século 17 quando Lorde Holles, então proprietário das terras, quis ironizar seu adversário político, Oliver Cromwell, também conhecido como Hércules entre seus apoiadores. O falo de mais ou menos 10 metros seria um ataque ao puritanismo de Cromwell. Ironicamente, hoje, essa talvez não fosse a melhor maneira de desmoralizar seu adversário.

Já houve petições e movimentos para que seu membro fosse encoberto de alguma forma, partindo, principalmente, de religiosos residentes do local. A sugestão nunca foi acatada e o Homem Rude de Cerne, como também é conhecido, segue como veio ao mundo.

Hoje em dia, ele é preservado pelo Fundo Nacional para Locais de Interesse Histórico ou Beleza Natural. A organização corta a grama, refaz as linhas se necessário (uma vez a cada 25 anos, pelo menos) e já fez até uma plástica no nariz quando a erosão deformou-o levemente.

Para os moradores de Cerne Abbas, o gigante, em vez de mera figura enorme e obscena, é um símbolo de fertilidade e virilidade. Na Era Vitoriana, danças eram realizadas e acreditava-se que casais que ainda não tinham filhos deviam dormir nas proximidades do desenho. Se fizessem sexo sobre ele, especificamente sobre o pênis, a concepção era garantida.