Curiosidades » Personagem

Filantropo e filho de um vigarista: 5 fatos sobre John Rockefeller

Um dos homens mais ricos de toda a história celebrava o dia em que começou a trabalhar e foi fundamental para o desenvolvimento de uma vacina contra a febre amarela

Fabio Previdelli Publicado em 03/03/2020, às 13h00

John Rockefeller
John Rockefeller - Getty Images

1. Seu pai era um vigarista de primeira

O pai do magnata, William Avery Rockefeller, era um vendedor ambulante de óleo de cobra, mas ele apresentava seu produto como um milagroso remédio fitoterápico. Suas poções eram inúteis, contudo, isso não impediu que ele ganhasse dinheiro viajando pelo país.


2. Todo ano ele comemorava o aniversário de quando conseguiu seu primeiro emprego

Em 26 de setembro de 1855, uma empresa comercial de Cleveland, a Hewitt and Tuttle, contratou o adolescente Rockefeller como contador assistente. A partir desse ano, o futuro corporativo comemorou o “dia do trabalho” todo 26 de setembro para celebrar sua entrada no mundo dos negócios.

John Rockefeller quando jovem / Crédito: Wikimedia Commons

 

Ele considerou a data mais importante até que o dia de seu aniversário. “Todo o meu futuro parecia depender daquele dia”, ele lembrou mais tarde em sua vida, “e eu tremo frequentemente quando me faço a pergunta: 'E se eu não tivesse conseguido o emprego?'”.


3.Rockefeller doou mais de meio bilhão de dólares para várias causas filantrópicas

Criado por uma mãe devota, Rockefeller pagou 10% de seus ganhos à sua igreja desde o primeiro salário. Depois de se aposentar da Standard Oil em 1897, ele intensificou sua filantropia e doou mais de meio bilhão de dólares a causas educacionais, religiosas e científicas.

Em 1913, o primeiro bilionário da América dotou a Fundação Rockefeller, que tinha o ambicioso objetivo de "promover o bem-estar da humanidade em todo o mundo". A fundação contribuiu para conquistas como o desenvolvimento de uma vacina contra a febre amarela e a erradicação bem-sucedida da ancilostomíase nos Estados Unidos.


4. Rockefeller sofria de alopecia e perdeu todo o cabelo do corpo e da cabeça

A partir dos 40 anos, Rockfeller perdeu todo o cabelo da cabeça, do bigode e do corpo. A do couro cabeludo nunca voltou a crescer e, no inicio dos anos 1900, ele começou a usar peruca. Rockfeller tinha os mais variados estilos e mudava constantemente sua falsa cabeleira, para a dar a impressão que suas madeixas cresciam ele cortava com o tempo.


5. O magnata viveu por tanto tempo que sua companhia de seguros de vida teve que lhe pagar uma quantia milionária

Embora ele não comemorasse seu aniversário com o mesmo afinco que celebrava o “dia do trabalho”, Rockfeller certamente passou por muitos deles. Sua longa vida durou quase 98 anos, ele faleceu no dia 23 de maio de 1937, menos de dois meses antes de mais uma celebração.

John D. Rockefeller, o barão do petróleo / Crédito: Wikimedia Commons

 

Apesar da longevidade, o magnata não deixou de aproveitar de sua companhia de seguros. Quando ele completou 96 anos, a empresa foi obrigada a pagar a ele o valor nominal de 5 milhões de dólares de sua apólice.


++ Para saber mais sobre o assunto:

Titan: The Life of John D. Rockefeller, Sr, de Ron Chernow (2004) - https://amzn.to/2wmkxJ8

Os magnatas, de Charles R. Morris (Ebook) - https://amzn.to/2VIQLIT

John D. Rockefeller: A Life From Beginning to End, de Hourly History (Ebook) - https://amzn.to/3alzJov

John D. Rockefeller - The Original Titan: Insight and Analysis into the Life of the Richest Man in American History, de J.R. MacGregor (Ebook) - https://amzn.to/2wmsXQL

The Biography Collection: Benjamin Franklin, Nikola Tesla, Henry Ford, J.P. Morgan, John D. Rockefeller, and Thomas Edison, de Steven Bowen (Ebook) - https://amzn.to/2vs9Dl0

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.