Curiosidades » Brasil

5 obras sobre as atrocidades da escravidão no Brasil

Este período sombrio teve início no período colonial e durou até o final do Império

Malu Safatle e Victória Gearini Publicado em 13/05/2020, às 15h30

Pintura sobre a escravidão no Brasil
Pintura sobre a escravidão no Brasil - Wikimedia Commons

O tráfico de escravos para o Brasil é datado entre meados do século 16 até o século 19. Estima-se que mais de 3 milhões de pessoas foram submetidas a essas condições desumanas. Pensando nisso, a Aventuras na História selecionou 5 obras, disponíveis na Amazon, que denunciam este período sombrio da História. Confira abaixo: 

1. Escravidão, de Laurentino Gomes (2019) - https://amzn.to/37n5OLI

Crédito: Divulgação / Amazon

 

No dia 8 de agosto de 1444, em Lagos, no sul de Portugal, aconteceu o primeiro leilão de cativos africanos registrado na História. Esse é o ponto de partida do primeiro volume da trilogia dedicada à história da escravidão no Brasil. A obra, que abrange 250 anos, vai até a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. 

2. Escravidão e cidadania no Brasil monárquico, de Hebe Maria Mattos (1999) - https://amzn.to/2rcVZPV

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Outorgada em 1824, a Constituição, pela primeira vez, definia os direitos e deveres dos cidadãos brasileiros e ao mesmo tempo legitimava a escravidão. A obra explica que, nessa época, a noção de raça começou a surgir no Ocidente e também esclarece as questões legais perante a população livre afrodescendente no período monárquico

3. Liberdade por um fio, de Vários autores (1996) - https://amzn.to/2O0tmyA

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Escrito por diversos historiadores, este livro é uma seleção de estudos acadêmicos que, reunidos, compõem um mapa detalhado da resistência à escravidão e da luta pela liberdade nos quilombos brasileiros. Também analisa a formação de quilombos de norte a sul do país.  

4. Na Senzala, uma Flor, de Robert W. Slenes (2012) - https://amzn.to/333xXV0

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Neste livro, o autor traz uma pesquisa cuidadosa sobre algo que foi negado pela historiografia do país por muito tempo: a formação de famílias escravas nas senzalas da Região Sudeste do Brasil no século19. E também relata como essas famílias colaboraram para a criação de afeto entre os africanos. 

5. A escravidão no Brasil, Jaime Pinsky (1988) - https://amzn.to/344nNEN

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Com mais de 80 mil exemplares vendidos, a obra aborda temas polêmicos como tráfico, a vida dos escravos nos engenhos e senzalas, suas vidas sexuais e a resistência contra a opressão. Por meio de um texto objetivo e ágil, o autor faz uma denúncia às atrocidades cometidas no período da escravidão e a sua influência negativa para a formação da sociedade atual.


+Saiba mais sobre a escravidão por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

1. Escravidão, de Laurentino Gomes (2019) - https://amzn.to/37n5OLI

2. Escravidão e cidadania no Brasil monárquico, de Hebe Maria Mattos (1999) - https://amzn.to/2rcVZPV

3. Liberdade por um fio, de Vários autores (1996) - https://amzn.to/2O0tmyA

4. Na Senzala, uma Flor, de Robert W. Slenes (2012) - https://amzn.to/333xXV0

5. A escravidão no Brasil, Jaime Pinsky (1988) - https://amzn.to/344nNEN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W