Curiosidades » Entretenimento

De Jane Austen a Isabel Allende: 5 romances históricos envolventes

Com o objetivo de apresentar um cenário antigo, este gênero mistura fatos reais com ficcionais

Victória Gearini Publicado em 20/01/2020, às 16h00

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

1. O drible, de Sérgio Rodrigues (2013) 

Crédito: Companhia das Letras

 

O Drible, de Sérgio Rodrigues conta a história de um cronista esportivo de 80 anos que tenta se reaproximar de seu filho, mas que o despreza. A trama é ambientada no período da copa de 70 e da ditadura militar no Brasil. Na obra, há ainda um encontro de vozes narrativas, entre o pai e o filho.

2. O último dia da inocência, de Edney Silvestre (2019) 

Crédito: Record

 

O último dia da inocência, de Edney Silvestre, narra a história fictícia de um jovem jornalista que nas vésperas do comício de João Goulart, na Central do Brasil, se vê como testemunha de um brutal assassinato. O enredo se passa em pouco mais de 24h e apresenta reviravoltas a todo instante, entrelaçadas ao golpe militar de 64.

3. Apesar da Guerra: Um romance de época que se passa no Brasil, de Lya Galavote (2019) 

Crédito: Editora Galavote

 

Manuela é uma jovem brasileira que perde seu irmão gêmeo durante a Guerra do Paraguai e se apaixona por um rapaz que acaba de voltar do mesmo conflito. Apesar da Guerra, de Lya Galavote, conta os rumos que a vida da jovem tomou após a morte de seu irmão e apresenta os verdadeiros impactos da guerra que devastou o país.

4. Orgulho e preconceito, de Jane Austen (2018) 

Crédito: Martin Claret

 

Considerada a obra mais famosa de Jane Austen, Orgulho e Preconceito constitui um enredo memorável por meio de seu contexto histórico. O romance apresenta Elizabeth Bennet, uma heroína além de seu tempo. Diversos aspectos são pontuados, como: preconceito, ascendência social, desigualdade social, machismo, entre outros assuntos políticos e sociais da época.

5. A casa dos espíritos, de Isabel Allende (2017) 

Crédito: Bertrand Brasil

 

O clássico A Casa dos Espíritos, de Isabel Allende, aborda o drama familiar do tirano Esteban e de sua esposa Clara: uma mulher espiritualizada que prevê o futuro. Ambientada em um país fictício, mas com características semelhantes ao do Chile e do golpe militar desse país, em 1973, a obra apresenta diversos aspectos sociais e econômicos, como: política, economia, machismo, racismo e patriarcado.


+Saiba mais sobres estas obras:

1. O drible, de Sérgio Rodrigues (2013) - https://amzn.to/366FMuw

2. O último dia da inocência, de Edney Silvestre (2019) - https://amzn.to/2G9PyBG

3. Apesar da Guerra: Um romance de época que se passa no Brasil, de Lya Galavote (2019) - https://amzn.to/37gr5Xa

4. Orgulho e preconceito, de Jane Austen (2018) - https://amzn.to/2R9U21q

5. A casa dos espíritos, de Isabel Allende (2017) - https://amzn.to/2R9a1wH

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.