Curiosidades » Culinária

Receitas pop: As origens dos pratos mais amados do mundo

Conheça a origem de delícias (e prazeres culpados) universais, como a batata frita e a lasanha

Flávia Pinho Publicado em 06/02/2019, às 12h00

Batata frita, um dos pratos mais populares do mundo
Getty Images

Batata frita

 

Levada da América do Sul para a Europa no século 16, a batata teve má reputação por um longo período. Foi o agrônomo e alquimista francês Antoine Augustin Parmentier (1737-1813) que não só a resgatou do ostracismo, como testou a nova técnica de preparo; antes, as batatas eram apenas cozidas ou assadas. O fim da história, todo mundo conhece: as pommes frites ganharam o mundo.

Polenta

 

Surgiu na Grécia, em cerca de 500 a.C.. Mas não se usava o milho, que só se tornou conhecido na Europa no século 15. Os gregos utilizavam outros cereais, como o orzo ou o trigo sarraceno. Só nos últimos 300 anos esse mingau passou a ser feito à base de milho.

Cachorro-quente

 

O sanduíche de salsicha é romano. Segundo Silvio Lancellotti, autor de O Livro da Cozinha Clássica – A História das Receitas Mais Famosas da História, “a obra de Marcus Gavius Apicius [um gourmet do século 1] está repleta de receitas de preenchimento de tripas animais”. A expressão hot dog, essa sim, surgiu em 1900, em um estádio de beisebol nos Estados Unidos.

Estrogonofe

 

Russo de nascença, a receita deriva do verbo strogat, “cortar em pedacinhos”. Os toques finais levam assinatura francesa. No fim de 1800, o parisiense Thierry Costet pôs na panela os cogumelos, a páprica, a mostarda e o picles.

Arroz-doce

 

Grãos de arroz cozidos no leite, temperados com açúcar, cravo e canela. O doce, um clássico brasileiro, não surgiu em Portugal, como muita gente imagina. Veio da Ásia, berço também das especiarias que lhe conferem sabor. “Os doces de arroz existem, milenarmente, no Japão, na China, no Sudeste Asiático, na Índia e no Paquistão”, diz Silvio Lancellotti. A prova dessa teoria, defende o autor, está em Le Viandier, livro lançado em torno de 1370 por Gillaume Tirel. O cozinheiro atestava que o arroz-doce chegara à Europa pelas mãos dos invasores mouriscos. Dois séculos mais tarde, cairia no gosto de Michelangelo – que curava ressacas com ele.

Lasanha

 

A famosa receita italiano tem 2 mil anos. As lâminas das massas eram cortadas em quadrados, cozidos em caldo de legumes e carne para o jantar ou ainda fritos em azeite, mesclados a frutas e mel, para a sobremesa. Já a lasanha montada em camadas surgiu apenas no século 16.

Omelete

 

Essa é uma receita cuja autoria muita gente reivindica: os italianos, que teriam herdado dos romanos, os franceses e os ingleses, na pessoa de Oswald Mellet, dono do restaurante em cuja tabuleta se lia O.Mellet. Tudo indica que o prato é antigo e o nome, recente.


Saiba mais

O Livro da Cozinha Clássica – A História das Receitas Mais Famosas da História, Silvio Lancellotti, Editora L&PM, 2003