Curiosidades » Música

Azarões, sortudos e vencedores curiosos: 5 curiosidades sobre o Grammy

A premiação, que acontece há 61 anos, coleciona alguns fatos peculiares que poucas pessoas conhecem

Caio Tortamano Publicado em 26/01/2020, às 11h00

Stevie Wonder com um de seus inúmeros prêmios
Stevie Wonder com um de seus inúmeros prêmios - Getty Images

Um dos prêmios mais assistidos da televisão americana e mundial, o Grammy reúne os maiores artistas do ano para serem prestigiados por suas contribuições para a música. A premiação reúne algumas curiosidades interessantes que, ao longo dos anos, tem a tendência de aumentar.

Conheça alguns fatos sobre o prêmio:

1. Primeira transmissão ao vivo

Por mais que a primeira edição do Grammy tenha acontecido em 1959, não era costume transmitir ao vivo premiações desse tipo. Pelo menos até 1971, quando a 13ª edição do troféu foi transmitida nas televisões do país todo.


2. O maior azarão

Morten Lindberg / Crédito: Getty Images

 

Ser indicado ao prêmio máximo do mercado de música por si só já uma tarefa e tanto, e ganhar é ainda mais difícil. Porém, quanto mais indicações alguém receber, suas chances de levar algum gramofone dourado pra casa tendem a aumentar. Mas isso não se aplicou a Morten Lindberg.

Com 28 indicações e nenhum prêmio sequer, o engenheiro de som norueguês foi o maior indicado ao Grammy sem nunca ter ganho nenhuma das edições. Normalmente trabalhando com grupos e solistas da Escandinávia, ele foi indicando duas vezes para a variação do Grammy em seu país — também não ganhando nenhuma das vezes.


3. O cantor mais prestigiado

A maior estrela da história do Grammy certamente é Stevie Wonder, o cantor coleciona impressionantes 25 estatuetas e 74 indicações. Seu prestígio é tão grande perante a premiação que, certa vez, ele foi honrado com um especial televisivo que contava com nomes como os de Beyoncé, Lady Gaga e o próprio Wonder.


4. Obama é um dos ganhadores do prêmio

Barack Obama em pronunciamento no Grammy Latino / Crédito: Getty Images

 

Ele não somente ganhou um, bem como levou dois Grammys para casa. O primeiro foi conquistado em 2005, quando Obama era senador pelo estado de Illinois, o segundo foi dado a ele em 2008 enquanto era presidenciável.

Ambos os prêmios foram dados na categoria Melhor Álbum Falado, em 2005 por Dreams From My Father (Sonhos de Meu Pai, em tradução livre) e três anos depois por The Audacity of Hope (A Audácia da Esperança, também em tradução livre). Por mais que seja notável, ele não foi o único presidente a ganhar o prêmio, Jimmy Carter e Bill Clinton também foram contemplados com o gramofone mais de uma vez.


5. Elvis, o pai do rock, nunca ganhou uma categoria principal

Presley foi nominado ao prêmio 14 vezes, mas ganhou somente dois troféus. Em 1973 e 1975, ganhou por Melhor Performance Inspirativa (músicas com tom mais religioso) pelas canções He Touched Me e How Great Thou Art.

Curiosamente, um artista tido como provocativo — e até perversor da juventude — ganhou somente em categorias gospel. Em 1971 Elvis ganhou o Bing Crosby Award, que mais tarde viria a ser conhecido como o Prêmio Grammy de Contribuição em Vida.


+Saiba mais sobre os vencedores do Grammy com as obras abaixo:

Uma história da música popular brasileira: das origens à modernidade, Jairo Severiano (2008) - https://amzn.to/2TSXSh3

Michael Jackson - uma vida na música, Geoff Brown (2014) - https://amzn.to/2uwx2AE

Quincy Jones: His Life in Music (American Made Music Series), Clarence Bernard Henry (2013) - https://amzn.to/2RHMbXW

Elvis Presley. História, Discografia, Fotos e Documentos, Gillian G. Gaar, 2016 - https://amzn.to/39sIspm

Nós somos a mudança que buscamos: Os discursos de Barack Obama, de Barack Obama (2017) - https://amzn.to/3aCecZL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.