Curiosidades » Personagem

De general favorito de Hitler a espião em Israel: a intrigante vida de Otto Skorzeny

Apelidado de Scarface, ele foi comandante de um esquadrão de elite da SS e comprou uma fazenda no pós-guerra, vivendo tranquilamente

Daniela Bazi Publicado em 27/11/2019, às 10h22

Otto Skorzeny e Hitler, em 1943
Otto Skorzeny e Hitler, em 1943 - Getty Images

Otto Skorzeny era o comandante nazista favorito de Hitler. Famoso por ter sido escolhido por Hitler e conseguido resgatar Mussolini de uma fortaleza nas colinas da Itália, era um dos homens mais perigosos da Europa.

Nascido em Viena, em 1908, Otto era normalmente retratado em um tom de admiração nos artigos dos jornais. Entrando no partido nazista no começo da década de 1930, passou a ser conhecido como Scarface (cara de cicatriz em português), devido a uma característica cicatriz em sua bochecha do lado esquerdo , e se tornou uma figura fácil de ser reconhecida.

Skorzeny conseguiu sua cicatriz em uma luta de esgrima. / Créditos: Getty Images

 

No começo da Segunda Guerra, Skorzeny era responsável por lutar no fronte oriental, e chegou a participar da invasão alemã na Iugoslávia e União Soviética. Em 1943, foi nomeado como líder das forças especiais alemãs, e comandava um esquadrão de elite da SS.

Ele ganhou reconhecimento internacional quando Mussolini o recompensou por salva-lo em uma parada na frente da mídia, onde Skorzeny estava ao seu lado. Winston Churchill descreveu a missão como “uma das mais ousadas”.

Mussolini foi salvo por Otto Skorzeny em Gran Sasso, na Itália. / Créditos: Getty Images

 

Skorzeny se tornou um dos homens de referências nas operações nazistas. Sua última grande missão na Segunda Guerra foi durante a Batalha de Ardenas, em 1944. Ele comandou a Operação Greif, onde alemães que falavam inglês se vestiram com uniformes americanos e usaram tanques disfarçados para chegar atrás da linha dos Aliados, causando pânico e confusão entre os inimigos. Apenas dez dias após Hitler tirar sua própria vida, em 1945, Skorzeny se rendeu aos americanos.

Em 1947 ele foi julgado em Dachau por crimes de guerra, mas o absolvido pelo caso não ter se sustentado. Mesmo assim, Skorzeny permaneceu como prisioneiro de guerra por ter que responder a acusações de outros países, mas conseguiu fugir com a ajuda de colegas da SS.

Após o fim da Guerra, Otto chegou a atuar como agente do serviço secreto israelense, o Mossad. Skorzeny teria matado o cientista alemão Heinz Krug, contratado pelo Cairo para desenvolver mísseis e armas avançadas, em uma época em que o Egito ainda não tinha tratado de paz com Israel. 

Otto foi para Madri e realizou diversas viagens para a Argentina, onde conheceu o presidente Juan Perón, e acabou se tornando segurança de Eva Perón, esposa do líder argentino.

Otto Skorzeny (esquerda) e Juan Perón (centro) / Créditos: Wikimedia Commons

 

Quando chegou na Irlanda, em 1959, Otto Skorzeny comprou uma fazenda em County Kildare, causando intriga. Ainda com receio de que o nazismo voltasse na Europa, o ministro da saúde da Irlanda Noel Browne expressou estar preocupado com a presença de Otto no país, e que ele estaria influenciando atividades de antissemitismo.

“É geralmente compreensível que esse homem faz participação (em atividades neonazistas) e, se faz, não deveria ser permitido que usasse a Irlanda com esse propósito”, disse o ministro ao parlamento irlandês.

Ao ser perguntado em entrevista, o general afirmou não ter ligação em atividades neonazistas, e que gostaria de comprar cavalos e se retirar da Irlanda algum dia, mas isso nunca aconteceu por nunca ter conseguido um visto permanente. Skorzeny viveu seus últimos anos em Madri, onde morreu de câncer em 1975.


+Saiba mais sobre a história com os livros abaixo

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, Martin Gilbert (2014)

link - https://amzn.to/2KyCdp4

Memórias da Segunda Guerra, Winston Churchill (2017)

link - https://amzn.to/2NXKi8V

A Segunda Guerra Mundial, Antony Beevor (2015)

link - https://amzn.to/2Xs4MJP

Histórias não (ou mal) contadas : Segunda Guerra Mundial, Rodrigo Trespach (2017)

link - https://amzn.to/333j5pL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.