Curiosidades » Civilizações

Qual a diferença entre turcos-otomanos e turcos?

Entenda as características que difere os dois povos cujos Impérios sobreviveram por séculos

Celso Miranda Publicado em 17/05/2020, às 07h00

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Getty Images

Historicamente, turco é a denominação de povos originários do centro asiático. O mais antigo registro do termo turco é do século 5 e se refere aos gokturcos, nação que cresceu e se unificou como um império após a queda do poder dos hunos na Ásia Central.

Até o século 7, os turcos mantiveram um intenso intercâmbio cultural e comercial com chineses, persas, coreanos e mongóis e ocuparam regiões que vão do nordeste da Europa ao leste da China.

Extensão do Império Turco-otomano com datação / Crédito: Reprodução

 

O declínio do Império Turco na Ásia coincidiu com a expansão da religião muçulmana na região. No início do século 11, uma das tribos turcas muçulmanas, a dos seldjucidas, começou a atacar e conquistar territórios bizantinos na Anatólia. No fim do século 13, havia tomado quase todas as grandes cidades gregas da região.

Nessa época, outro clã seminômade turco teria migrado do norte da Pérsia (o atual Irã) para o oeste. Ali, deparou com um conflito entre turcos seldjucidas e mongóis (do líder Tamerlão). O clã aliou-se aos turcos e venceu os mongóis. O sultão seldjucida, em agradecimento, teria concedido ao clã um pequeno território montanhoso no noroeste do império, na divisa com o território bizantino. A forma como isso ocorreu está repleta de mitos e se perdeu no folclore.

Sultão Osman I, ou Uthman, em árabe / Crédito: Wikimedia Commons

 

O que se sabe é que, sob o comando de um líder chamado Osman I, ou Othman, esses turcos ficaram conhecidos como otomanos. Foram eles que mais tarde derrotariam os bizantinos em Constantinopla, em 1453, e, sob a liderança de Maomé II, conquistariam territórios na Europa (nas atuais Grécia, Hungria, Bulgária e Sérvia). Criariam, assim, o Império Turco-Otomano, que só desapareceria após a Primeira Guerra, quase 500 anos depois.


+Saiba mais sobre o tema através do livros abaixo

Genocídio, Samantha Power (2004) - https://amzn.to/2BUSAHA

Uma Temporada de Facões, Jean Hatzfeld (2005) - https://amzn.to/2WtBt9C

Rusia, 1917: El sueño roto de "un mundo nunca visto", Marta Carletti, Adriano Dell`Asta, Giovanna Parravicini (e-book) - https://amzn.to/2PHnyvh

Primeiro mataram meu pai, Loung Ung (e-book) - https://amzn.to/32WyUz4

The Khmer Empire: The History and Legacy of One of Southeast Asia’s Most Influential Empires, Charles River Editors (e-book) - https://amzn.to/34dP877

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W