Curiosidades » Arqueologia

Antes da erupção: O homem que sofreu uma morte inusitada em Pompeia

Muito além de trágica e brutal, a causa da morte do homem ainda revela seu desespero para tentar fugir das cinzas do Vesúvio

Thiago Lincolins Publicado em 11/12/2020, às 13h30 - Atualizado em 27/08/2021, às 09h00

O esqueleto de Pompeia
O esqueleto de Pompeia - Divulgação/ Parque arqueológico de Pompeia/ Ministério de cultura da Itália

Pouco antes da catastrófica erupção do Vesúvio em 79 d.C., centenas de habitantes de Pompeia lutaram por suas vidas, a fim de fugir da lava e das cinzas. Um deles, segundo estudo de 2018, teve a má sorte de ser morto por uma pedra durante a sua fuga. Seus restos foram revelados em escavações no sítio arqueológico das ruínas, na Itália.  

As pesquisas ainda indicaram que o homem foi atingido por um grande bloco de pedra, de 300 quilos, que esmagou seu tórax e, provavelmente, arrancou sua cabeça. Mesmo que o choque não tivesse ocorrido, as chances de sobrevivência eram nulas. Pompeia foi atingida por um fluxo piroclástico, ou seja, uma grande nuvem de gases e material vulcânico, que pode passar dos 1000 graus Celsius. 

Para piorar sua situação, arqueólogos ainda concluíram que o homem, de mais de 30 anos, sofria de uma infecção na tíbia, o que dificultou a sua fuga. "Além do impacto emocional dessas descobertas, a possibilidade de comparar esses achados contribui para uma história cada vez mais precisa da história e da civilização da época, que é a base da pesquisa arqueológica", disse Massimo Osanna, diretor geral do sítio arqueológico, na época da publicação do estudo.

Entre 15 e 20 mil pessoas viviam nas cidades italianas de Pompeia e Herculano na época. A famosa erupção — ocorrida durante a madrugada, enquanto quase todos dormiam — matou cerca de 2 mil pessoas nos povoados vizinhos, mas a maioria dos habitantes conseguiu sobreviver e precisou buscar abrigo após a tragédia. A maior parte permaneceu na costa sul da Itália, nas comunidades de Cumae, Nápoles, Ostia e Puteoli.

O esqueleto de Pompeia que sofreu uma morte brutal / Crédito: Parque arqueológico de Pompeia/ Ministério de cultura da Itália

+Saiba mais sobre o tema através das obras disponíveis na Amazon

Pompeia: A vida de uma cidade romana, Mary Beard (2016) - https://amzn.to/35rZItj

Pompéia, Robert Harris (2005) - https://amzn.to/2Yj61Oe

Pompeia, Alex Butterworth (2007) - https://amzn.to/2zJ5TNJ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W