Curiosidades » Música

Heresia no rock n' roll: Kurt Cobain foi preso por falar que Deus era gay

O cantor foi um importante nome que saiu em defesa de direitos sociais, em um período que poucos o faziam

Isabela Barreiros Publicado em 22/02/2020, às 08h00

Kurt Cobain, músico do Nirvana
Kurt Cobain, músico do Nirvana - Getty Images

Lendário vocalista do Nirvana, Kurt Cobain deixou um enorme legado e marcou uma geração com canções como Smells Like Teen Spirit, Come As You Are e In Bloom. O emblemático cantor, rotulado como a voz de uma geração, foi um dos mais importantes artistas da História.

Mais do que músico, o homem também foi um pioneiro na militância por causas sociais. Principalmente em relação à homofobia e ao sexismo, Cobain saiu em defesa desses movimentos em diversas oportunidades.

Certa vez, ele chegou a se declarar gay dizendo que isso apenas para irritaria os homofóbicos e a ala machista do rock and roll — e até mesmo sua mãe. “Não sou gay, mas desejava ser, só para chatear os homofóbicos”, escreveu.

Crédito: Getty Images

 

Ele também chegou a declarar: “estou enojado com minha apatia e da minha geração, que deixa que continue e não enfrenta o racismo, o sexismo e a homofobia”.

No entanto, uma ocasião desse tipo fez com que o astro fosse preso pela polícia dos Estados Unidos. Quando ainda morava Aberdeen, em Seattle, sua cidade natal, Cobain foi responsável por uma enorme polêmica.

Ele adorava sair pelas ruas com uma lata de tinta spray para pichar paredes e carros. Ainda que isso por si já fosse um crime em alguns locais, o cantor apelou: a frase escolhida pelo artista foi: “Deus é Gay”.

O acontecimento gerou uma enorme controvérsia. Criticado e aplaudido, o cantor continuou sendo uma das figuras mais importantes da música e foi solto pouco tempo depois do evento. 


+ Saiba mais sobre Kurt Cobain por meio das obras a seguir:

Kurt Cobain Fragmentos De Uma Autobiografia, de Marcelo Orozco (2002) - https://amzn.to/3bTAyXi

O dia em que o rock morreu, de André Forastieri (Ebook) - https://amzn.to/329jZSH

Kurt Cobain, de Charles R. Cross (2014) - https://amzn.to/3bSxwT5

Kurt Cobain - Quando eu era um Alien, de Toni Bruno (2015) - https://amzn.to/37IaN8Z

Mais pesado que o céu: Uma biografia de Kurt Cobain, de Charles R. Cross (2012) - https://amzn.to/2HFSfeX

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.