Curiosidades » Brasil

Vozes do Joelma: obra reúne contos sobrenaturais das tragédias que ocorreram no local

Do crime do poço ao incêndio, o edifício é conhecido por ter sido palco de diversos desastres

Victória Gearini Publicado em 04/05/2020, às 12h57

Edifício Joelma durante o incêndio
Edifício Joelma durante o incêndio - Wikimedia Commons

A tragédia do Edifício Joelma ocorreu no dia 1° de fevereiro de 1974, resultando na morte de 191 pessoas e mais de 300 feridos. O incêndio, que se iniciou no 12° andar do prédio, foi noticiado no Brasil inteiro e até em veículos internacionais. Por coincidência — ou não — o local já foi palco para outras catástrofes, que são relatadas na obra Vozes do Joelma.  

Lançado pela Fato Editorial, em 2019, o livro foi escrito por Marcos Debrito, Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira, Victor Bonini e contém, ainda, a apresentação de Tiago Toy. Do gênero terror, Vozes do Joelma apresenta as histórias que envolvem o local, a partir da visão das vítimas.

Considerado um dos lugares mais mal assombrados do mundo, o Edifício Joelma já foi palco para um brutal assassinato, seguido de suicídio. Na ocasião, Paulo Ferreira de Camargo se matou após assassinar a sangue frio sua mãe Benedita Ferreira de Camargo e suas irmãs, Maria Antonieta e Cordélia. Este relato, mais conhecido como o Crime do Poço, abre o enredo da trama.

Crédito: Divulgação/Faro Editorial

 

No decorrer da obra, é apresentada a história completa do incêndio, que deixou a nação em luto. Além disso, os autores apresentam as vítimas do elevador, que nunca foram identificadas e, por isso, foram nomeadas como as Treze Almas do Joelma.

Engana-se quem acredita que as histórias assombradas do local terminam por aqui. Antes do Crime do Poço e do incêndio, o local era um pelourinho, onde escravos negros eram torturados e posteriormente executados. A má fama do local é tão antiga quanto sua criação, tal fato que originou o nome da região Anhangabaú — que, para povos indígenas, significa morte.  

Ao todo, o livro contém quatro contos, cada qual é apresentado por um autor diferente. Já Tiago Toy, aparece na trama como o ser sobrenatural que observa e comenta os eventos paranormais que cercam o local, na mesma medida que entrelaça as histórias de forma emocionante.


++Saiba mais sobre a obra através da Amazon

Vozes do Joelma: Os gritos que não foram ouvidos, de Marcos Debrito, Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira, Victor Bonini e Tiago Toy (2019) - https://amzn.to/3bjLA7Z

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du