Curiosidades » Personagem

Naomi Parker, a mulher por trás do cartaz "We Can Do It!"

Símbolo da força feminina, a foto foi criada com um propósito diferente do que costumamos pensar

Raphaela de Campos Mello Publicado em 08/03/2020, às 10h00

Naomi Parker como Rosie, a Rebitadeira
Naomi Parker como Rosie, a Rebitadeira - Divulgação

Se hoje corre pelas redes sociais o slogan “Lute como uma garota”, durante a Segunda Guerra Mundial havia a figura icônica de Rosie, a Rebitadeira (Rosie the Riveter). A mulher forte, de macacão, mostrando o muque, virou o símbolo das mulheres americanas que, durante o período da Segunda Guerra Mundial, foram para as fábricas produzir armas, munições e suprimentos, enquanto os homens lutavam nos campos de batalha.

[Colocar ALT]
Naomi Parker / Crédito: Divulgação

Rosie the Riveter foi também tema e título de uma canção e de um filme de Hollywood. O lado curioso dessa história é que apenas nos anos 1980 Rosie foi identificada com a imagem do cartaz: We Can Do It!.

A peça publicitária, criada pelo artista gráfico J. Howard, a serviço da Westinghouse, originalmente nada tinha a ver com o empoderamento feminino. Tratava-se de um cartaz motivacional de divulgação restrita à empresa e que buscava estimular os empregados a trabalhar mais intensamente no período da guerra. Contudo, era seu destino entrar para o imaginário coletivo como a representação da força de trabalho feminina.

A mulher real que inspirou o artista não se chamava Rosie, e sim Naomi Parker, que, na época, trabalhava na Base Aeronaval de Alameda, na Califórnia. Naomi faleceu aos 96 anos, em 20 de janeiro de 2018, menos de dois anos depois de ter sido finalmente reconhecida como a moça da foto que inspirou o cartaz. Ela morreu ciente de que sua contribuição profissional motivou gerações 
de mulheres a ir à luta.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo

Mulheres, Mitos e Deusas: O feminino através dos tempos, Martha Robles (2019) - https://amzn.to/2vIrKmA

Extraordinárias: Mulheres que revolucionaram o Brasil, Duda Porto de Souza, Aryane Cararo (2017) - https://amzn.to/2IqQsLi

Grandes Mulheres que Mudaram o Mundo, Kate Pankhurst (2018) - https://amzn.to/2TrDzqv

As Cientistas: 50 Mulheres que Mudaram o Mundo, Rachel Ignotofsky (2017) - https://amzn.to/2ICL1sN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.