Curiosidades » Personagem

Sultão Ibrahim: O infame apetite sexual do líder do Império Otomano

Fascinado com as partes intimas de uma vaca, ele ordenou que um molde do animal fosse feito e enviado por todo o império em busca de uma mulher que fosse fisicamente igual ao bovino

Fabio Previdelli Publicado em 25/04/2020, às 10h00

Ibrahim I
Ibrahim I - Wikimedia Commons

A principal particularidade de Ibrahim era sua vida de luxos e orgias. O apetite sexual do sultão, que cresceu preso num harém, era insólito. Diziam até que ele havia inventado novas posições sexuais.

Tudo começou na sua infância, na qual Ibrahim viveu toda ela toda no confinamento dos Kafes, antes de suceder seu irmão Murad IV. Quando jovem, o pequeno Ibrahim viu seus quatro irmão serem executados por Murad, sua vida só foi poupada graças a interferência de sua mãe, Cosem Sultana.

[Colocar ALT]
Ibrahim I / Crédito: Wikimedia Commons

Após a morte de seu irmão, em 1640, ele foi convidado para assumir o sultanato. Durante os quatro primeiros anos de seu reinado, Kara Mustafa Pasha permaneceu como Grande Vizir, o que manteve o império estável.

Passado seu período de ‘treinamento’, Ibrahim assumiu o império de forma autônoma. Entretanto, como passou por uma infância traumática e era o único herdeiro masculino sobrevivente, foi aconselhado por sua mãe a se distrair com as meninas do harém e logo teve três futuros sultões: Mehmed IV , Suleyman II e Aḥmed II.

A partir daí, passou a viver uma vida de luxúria e alguns desejos sexuais um tanto quanto bizarros.

O mais estranho entre eles ocorreu quando Ibrahim ficou fascinado e curioso com as partes íntimas de uma vaca.

O animal foi modelado em ouro e enviado por todo o Império Otomano, em busca de uma mulher que fosse fisicamente igual. 

A maior surpresa dessa história foi que ele encontrou alguém que o agradasse. A escolhida pesava 149 quilos e foi apelidada de Sechir Para, um apelido carinhoso que significava "Torrão de Açúcar".

A rápida ascensão de Sechir Para nas fileiras do harém fez com que ela acumulasse várias inimigas, muito em conta de seu jeito tagarela de ser: afinal, ela contava tudo que acontecia para Ibrahim. Entretanto, nem todas essas histórias eram verdadeiras.

Uma vez ela iventou um boato de que um de suas concubinas mantinha um amante fora do harém. A notícia irritou Ibrahim, que logo fez uma espécie de inquisição para descobrir a identidade da traidora. Como não a encontrou, tomou medidas drásticas: ele mandou suas 280 concubinas se jogarem no Estreito de Bósforo. Todas morreram afogadas, a única que foi poupada do castigo foi sua amada Sechir.

A vida de extravagâncias gerou muitas mordomias ao sultão, mas ela também foi responsável pelo seu fim. Após afundar o reino em dívidas, os janízaros organizaram uma rebelião, que, com o apoio de Cosem Sultana, resultou no aprisionamento do sultão em seu palácio. Posteriormente ele foi deposto e enjaulado. Em 18 de agosto de 1648 ele foi estrangulado. Esse foi o segundo regicídio na história do Império Otomano.


+Saiba mais sobre o Império Otomano através das obras disponíveis na Amazon

O Império Otomano: das Origens ao Século XX - https://amzn.to/2C3ZeeT

Declínio e queda do império Otomano - https://amzn.to/36q7qUy

A Ascensão e Queda do Império Otomano: A História da Criação do Império Turco e Sua Destruição Mais de 600 Anos Depois - https://amzn.to/3248la4

O expresso Berlim-Bagdá: O Império Otomano e a tentativa da Alemanha de conquistar o poder mundial 1898-1918 - https://amzn.to/2WztW93

A Ascensão do Império Otomano: a História do Estabelecimento do Império Turco através do Oriente Médio e Leste Europeu - https://amzn.to/34r2nlb

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.
 

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W