Curiosidades » Personagem

Quando Napoleão Bonaparte pediu para levar um choque elétrico

O caso inusitado ocorreu durante uma visita de Alessandro Volta, em 1800

Victória Gearini Publicado em 20/02/2020, às 21h00

Napoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte - Getty Images

A teoria da eletricidade animal foi descrita por Luigi Galvani (1737-1798), que utilizou rãs mortas para analisar as reações musculares do anfíbio sob a ação de estímulos elétricos. Em contrapartida, Alessandro Volta (1745-1827) desenvolveu um dispositivo capaz de produzir eletricidade.

Alessandro Volta era professor de filosofia natural na Universidade de Pádua, quando leu sobre o experimento de Luigi Galvani. Ao reproduzir o teste, percebeu que a corrente elétrica era produzida por dois metais, ferro e cobre, não pelos músculos das rãs, como a teoria da eletricidade animal dizia. 

Após oito anos de pesquisas, Volta encontrou a resposta desejada e, a partir dela, desenvolveu o primeiro dispositivo capaz de gerar uma única descarga elétrica. Segundo a jornalista Surendra Verma, Volta revolucionou a Ciência.

“Ele argumentou que uma carga muito maior poderia ser produzida, empilhando-se vários discos separados por discos de flanela embebidos em água salgada. Ao ligar fios em cada extremidade da ‘pilha’, ele obteve com sucesso uma corrente constante”, escreveu Verma em sua obra Ideias Geniais (2016). 

Chamada de “pilha de Volta”, a criação do cientista foi a primeira bateria da História, o que o motivou a escrever uma carta para a Royal Society de Londres. No entanto, o maior fato inusitado desta história foi a participação de Napoleão Bonaparte. Um ano após a descoberta, o líder político convidou Volta para conhecer Paris e lhe apresentar sua invenção. 

Em geral, a bateria impulsionava leves choques elétricos nas pessoas, quando o disco superior era tocado. Intrigado e fascinado, Napoleão convocou outros cientistas franceses que se entusiasmaram em experimentar os choques. “Sempre que você usar a palavra ‘volt’, lembre-se de que ela homenageia o cientista que ‘deu um choque’ em Napoleão”, brincou Verma.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras:

Ideias geniais: Descobertas por acidente, erros surpreendentes e escorregões que mudaram a nossa visão sobre a Ciência, de Surendra Verma (2016) - https://amzn.to/37Hl7ht

Napoleão: uma Vida, de Vincent Cronin (2014) - https://amzn.to/33GYNT9

Napoleão Bonaparte (Biografias), de Pascale Fautrier (2016) - https://amzn.to/2Y7LBpa

Sobre a guerra: A arte da batalha e da estratégia, de Napoleão Bonaparte (2015) - https://amzn.to/33FleIj

Napoleão: a fuga de Elba – A queda, o primeiro exílio e a fuga (1814-1815), de Norman Mackenzie (2018) - https://amzn.to/2DEh2xY

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.