Curiosidades » Personagem

Sharon Tendler e o golfinho Cindy: Um insólito casamento interespécie

A cerimônia entre a britânica e o animal foi realizada no balneário de Eilat, em Israel, em 2005

Victória Gearini Publicado em 15/02/2020, às 11h00 - Atualizado às 17h35

Sharon Tendler em seu casamento com o golfinho Cindy
Sharon Tendler em seu casamento com o golfinho Cindy - Divulgação

Em diversos países, relações amorosas e sexuais entre humanos e animais é crime, conhecido como zoofilia. No entanto, em 2005, o primeiro casamento interespécie reconhecido foi realizado em Israel, o que acabou repercutindo nos noticiários internacionais.

A britânica Sharon Tendler, na época com 41 anos, passou 15 anos visitando Cindy, um golfinho de 35 anos. O animal vivia no balneário de Eilat, em Israel, e era constantemente alimentando com peixes pela londrina.

Após tanto tempo visitando Cindy, a mulher decidiu que queria se casar com o animal. Em dezembro de 2005, ela realizou a incomum cerimônia no balneário israelense. Criticada por muitos, logo depois foi procurada pela BBC. Em uma entrevista exclusiva, declarou que esta foi a forma que encontrou para expressar o seu amor pelo o animal e que não havia maldade em suas ações.

Sharon Tendler e o golfinho Cindy / Crédito: Divulgação

 

"Eu dei a ele alguns peixes, ele me deu alguns beijos, abraços e eu cantei a música favorita dele. Sei que algumas pessoas podem pensar que isso é um pouco maluco e pervertido, mas se trata apenas de eu dizer o quanto o amo”, afirmou Tendler à BBC.

O golfinho veio a falecer um ano após o casamento, devido à sua idade. Na época, Sharon se pronunciou publicamente e disse que não iria mais se casar. A mulher afirmou, ainda, que Cindy era o seu verdadeiro amor.

Pouco se sabe sobre o relacionamento da inglesa com o animal marinho, pois a mulher sempre manteve sua vida e os detalhes de seu casamento em segredo. Embora as poucas informações, as autoridades nunca encontraram evidências que Tendler teria mantido relações sexuais com o golfinho.


+Saiba mais sobre temas relacionados por meio de grandes obras:

Suzane assassina e manipuladora, de Ullisses Campbell (2020) - https://amzn.to/3aFqnVk

O pior dos crimes, de Rogério Pagnan (2018) - https://amzn.to/2S287OY

Vozes do Joelma: Os gritos que não foram ouvidos, de Marcos Debrito, Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira, Victor Bonini e Tiago Toy (2019) - https://amzn.to/3bjLA7Z

Famigerado!: a História de Luz Vermelha, o Bandido que Aterrorizou São Paulo nos Anos de 1960, de Gonçalo Junior (2019) - https://amzn.to/2JLfeGQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.