Curiosidades » Brasil

“Todos os Olhos”: a polêmica capa do álbum de Tom Zé — censurada pela ditadura militar

Lançada em 1971, fotografia ainda causa controvérsias. Afinal, a imagem retratada é de uma boca ou um ânus?

Joseane Pereira Publicado em 08/05/2020, às 11h00

Todos os Olhos, álbum de 1971
Todos os Olhos, álbum de 1971 - Dovulgação/Youtube

Tom Zé, um dos grandes artistas do Tropicalismo, marcou a discografia brasileira com um álbum um tanto inusitado. Rejeitado pela mídia e esquecido pelo público na época de seu lançamento, por ser experimental demais, “Todos os Olhos” só foi fazer sucesso nos anos 2000 — quase trinta anos após lançamento. Mas uma questão sobre ele ainda paira: onde estaria colocada a bolinha de gude?

Polêmicas

A ideia da capa era afrontar a censura da Ditadura Militar. E quem colocou o plano em movimento foram Décio Pignatari, amigo de Tom Zé, e seu sócio Reinaldo Morales. “Movido por essa molecagem da idade, daquele momento, eu falei: ‘vou atrás, tanto das bolinhas de gude quanto do lugar onde colocá-las’. Aí uma amiga minha, muito amiga, sugeri para ela. E ela no mesmo instinto de molecagem, de farra mesmo, topou", afirmou Reinaldo em entrevista ao G1.

O músico Tom Zé / Crédito: Getty Images

 

Os dois foram de fusca a um motel de caminhoneiros, na Rodovia Raposo Tavares, em São Paulo. Com uma câmera fotográfica de 50mm e duas lâmpadas, eles fizeram a inusitada sessão. Entretanto, o resultado final não foi satisfatório. “Não estava dando ambiguidade, estava muito claramente um ânus e não queríamos isso”, afirma Reinaldo.

Após isso, Chico Andrade, também sócio de Décio, resolveu tirar mais fotografias com uma prostituta, na própria agência. Entretanto, essas também não ficaram boas.

Reinaldo resolveu tentar novamente com a mesma colega. Dessa vez, ela se deitou no chão e colocou a bolinha de gude sobre os lábios, com uma leve maquiagem. Deu certo: as fotos ficaram perfeitamente ambíguas logo na primeira tentativa. O resultado foi tão bom que o próprio Tom Zé só foi descobrir que se tratava de uma boca algum tempo depois. E, até hoje, muitas pessoas acreditam que a inusitada foto é realmente de um ânus.


+Saiba mais sobre esse artista através das obras abaixo

Tropicalista Lenta Luta, de Tom Zé (2003) - https://amzn.to/2XLKnj8

Tropicália ou Panis et circencis, de Pedro Duarte (2018) - https://amzn.to/34m6jnH

Som do Vinil. Tom Zé: Entrevistas a Charles Gavin, de Charles Gavin (2016) - https://amzn.to/2KRyzGU

Encontros Tom Zé, de Tom Zé (2012) - https://amzn.to/37NYtp0

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W