Curiosidades » Bizarro

Uma década sem o nascimento de homens: o misterioso povoado de Miejsce Odrzańskie

Localizado na Polônia, o vilarejo virou manchete do The New York Times após não registrar o nascimento de nenhuma criança do sexo masculino desde 2009

Victória Gearini Publicado em 03/05/2020, às 11h29

Voluntárias da Brigada de Incêndio Malwina Kicler
Voluntárias da Brigada de Incêndio Malwina Kicler - Divulgação / Facebook

Um mistério assola o pequeno povoado de Miejsce Odrzańskie, com pouco mais de 300 habitantes. Localizado ao sudoeste da Polônia, o último homem a nascer no vilarejo foi em 2009. Desde então, todos os nascimentos foram de mulheres, intrigando a ciência. 

O fato curioso foi percebido durante uma competição de “bombeiros mirins” na Polônia, onde a comunidade de Miejsce Odrzańskie foi representada apenas por garotas. Intrigada, a imprensa local passou a investigar e descobriu que o último menino nascido no local tinha sido em 2009, uma década atrás. 

Esta pequena vila agrícola, fundada em 1679, está situada ao sudoeste da Polônia, próxima à fronteira tcheca. Assim como outras vilas polonesas, ela teve um declínio na população após a Segunda Guerra Mundial, caindo de 1.200 moradores para aproximadamente 300. Em 2004, o país entrou no bloco econômico da União Europeia, fato que contribuiu para que este número diminuísse ainda mais. 

Bombeiras do pequeno povoado de Miejsce Odrzańskie / Crédito: Divulgação / Facebook

 

A ausência dos homens é alarmante, o que levou o prefeito Rajmund Frischko a oferecer uma recompensa para a primeira família que tivesse um filho do sexo masculino. Nas atividades cotidianas e profissões, a figura feminina é muito representativa. A brigada de incêndio, por exemplo, é composta por 24 mulheres e apenas 8 homens.

Rajmund Frischko disse ainda à imprensa local que assim que o primeiro homem nascer, ele irá plantar um carvalho com o nome da criança, em sua homenagem. Já os moradores tratam a situação com bom humor. Quando questionados pelo New York Times, disseram que trata-se apenas de uma coincidência.

Brigada de Incêndio Malwina Kicler composta por 24 mulheres e 8 homens / Crédito: Divulgação

 

“Meninos são barulhentos e levados. Pelo menos agora temos paz e tranquilidade. Sempre podemos encontrar com eles em outros lugares ”, disse em entrevista ao The New York Times, a voluntária da Brigada de Incêndio, Malwina Kicler, de 10 anos.

Embora o fato intrigue alguns cientistas e desperte o interesse em estudar a genética da população de Miejsce Odrzańskie, segundo o The New York Times, não existem explicações científicas que possam explicar este fenômeno até o momento.


+Saiba mais sobre a Polônia por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

História da Polónia, de Adam Zamoyski (2010) - https://amzn.to/3f0oZim

A Cor da Coragem, de Julian Kulski (2016) - https://amzn.to/3d4xrLU

Estado secreto: Memórias de um herói da resistência polonesa durante a Segunda Guerra Mundial eBook Kindle, de Jan Karski (2015) - https://amzn.to/2Wcehgk

Enquanto formos vivos, a Polônia não perecerá: A Polônia nos campos de batalha da II Guerra Mundial eBook Kindle, de Jose Antonio Mariano (2020) - https://amzn.to/2YkYKgI

A Polônia não desaparecerá: A incrível história do Estado Secreto Polonês eBook Kindle, de Rafael De Nadai Bacchi - https://amzn.to/3aR0EZ5

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W