Curiosidades » Crimes

Conheça as vítimas esquecidas de Ted Bundy

Um dos maiores serial killers dos Estados Unidos fez mais de 30 vítimas, entre elas uma menina de 12 anos

Victória Gearini Publicado em 29/09/2019, às 12h53

None
- Reprodução

Ted Bundy foi um dos maiores serial killer dos Estados Unidos, que voltou aos noticiários após o lançamento do filme Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile, que retrata sua insólita vida. O assassino confessou 30 assassinatos, mas estima-se que este número seja maior.

Confira as histórias de algumas vítimas fatais do maníaco.

Lynda Ann Healey

Aos 21 anos, Lynda Ann Healey estudava na UW e era a garota do tempo da rádio local. Quando a jovem despareceu, em fevereiro de 1974, seus amigos acionaram a polícia que encontrou sangue em seus lençóis e travesseiros.

Lynda Ann Healey / Crédito: Reprodução

 

A perícia encontrou ainda sua camisola pendurada no armário e um anel ensanguentado, mas notaram que faltavam algumas roupas, sua fronha e mochila. Deduziram que a pessoa que havia sequestrado Healey, possivelmente retirou as suas roupas e a vestiu com outras limpas.

A jovem ficou 14 meses desaparecida, até que seus ossos do crânio e da mandíbula foram encontrados em Taylor Mountain, à uma hora de sua casa.

Donna Gail Manson

Em março de 1974, Donna Gail Manson, 19 anos desapareceu a caminho de um show. O corpo da estudante de Evergreen State College, nunca foi encontrado. Bundy mais tarde afirmou que queimou o crânio da jovem na lareira de sua namorada, na época, Elizabeth Kloepfer.

Donna Gail Manson / Crédito: Reprodução

“De todas as coisas que fiz com Liz essa é provavelmente a que ela menos provavelmente me perdoará. Pobre Liz”, confessou ao detetive Robert Keppel.

Brenda Carol Ball e Georgann Hawkins

Em junho de 1974, o psicopata atacou duas vezes e em ambos os relatos a polícia apontou uma semelhança. Nos dois casos havia um homem que aparentava algum tipo de deficiência, sempre pedindo ajuda.

Georgann Hawkins (linha inferior à direita) / Crédito: Reprodução

 

Brenda Ball, 22 anos, foi vista pela última vez por algumas testemunhas às 2h, do lado de fora da Flame Tavern, ao sul de Seattle, conversando com um homem.

No mesmo mês, a estudante Georgann Hawkins desapareceu perto da Universidade de Washington. Em ambos os casos, havia um padrão: um homem de muletas. Na época a polícia demorou para conseguir relacionar os casos.

Roberta Kathleen Parks

Roberta Parks foi a primeira vítima conhecida de Bundy no Oregon. Ela desapareceu em maio de 1974, em seu dormitório na Oregon State University. Os investigadores descobriram seu crânio, em Taylor Mountain, em Washington.

Roberta Kathleen Parks / Crédito: Reprodução

 

Kimberly Leach

A jovem Kimberly Leach, 12 anos, desapareceu em 9 fevereiro de 1978 e foi à última vítima do psicopata. Bundy sequestrou a criança perto de sua escola em Lake City, na Flórida. A menina ia encontrar com um amigo para ir à escola quando foi surpreendida por Bundy. Após dois meses desaparecida, seu corpo foi encontrado perto do Parque Estadual do Rio Suwannee.

Kimberly Leach / Crédito: Reprodução

 

Bundy foi capturado sob a posse dos documentos de diversas mulheres. Atuou como advogado em seu próprio caso, mas foi condenado. Sem sucesso, foi executado em 1989 na cadeira elétrica.