Curiosidades » Monarquia

Laços sanguíneos fatais: 5 fatos bizarros sobre o incesto na realeza

Pouco vistas como tabu na época da monarquia, as relações entre parentes eram muito mais do que simples casamentos

Pamela Malva Publicado em 03/08/2020, às 11h30

Retrato de Ana Bolena, que, supostamente, teve relações com seu irmão
Retrato de Ana Bolena, que, supostamente, teve relações com seu irmão - Wikimedia Commons

1. Interesse político

Quando grande parte do mundo era comandada por coroas, cetros e tronos, o casamento e a gravidez eram vistos como uma forma de selar contratos. Assim, as monarquias costumavam unir membros da mesma família, a fim de dominar a maior quantidade de nações possível.

Com isso, tornou-se comum uma prática que se mostrou bastante perigosa: o incesto. Enquanto primos, tios e irmãos se casavam com primas, sobrinhas e irmãs, as famílias reinantes conseguiam expandir seus territórios em uma política bastante complexa.


2. Doença real

Retrato da Rainha Vitória por Heinrich von Angeli / Crédito: Wikimedia Commons

 

Segundo diversos especialistas, foi essa perpetuação do incesto que espalhou o gene da hemofilia para diversos herdeiros além da árvore genealógica da Rainha Vitória. Ainda que a monarca realmente tenha introduzido a doença na família, acredita-se que a consanguinidade entre os parentes da rainha fez com que a enfermidade se mantivesse por diversas gerações da coroa.


3. Casamentos consanguíneos

Casamento entre George IV e a prima, Carolina de Brunsvique / Crédito: Divulgação 

 

Foram muitos os casamentos incestuosos entre as coroas européias. Maria da Glória, filha de Dom Pedro I, por exemplo, foi pedida em casamento por seu próprio tio, D. Miguel I, que desejava tomar o trono de Portugal à força. 

Também temos conhecimento sobre a relação entre George IV, do Reino Unido, e sua prima, Carolina de Brunsvique. Não muito longe, Ana Bolena foi julgada por uma suposta relação com seu irmão caçula. Pior ainda, no entanto, foi o caso de Carlos II, da Espanha, fruto da relação incestuosa entre Felipe IV e Mariana da Áustria.


4. Deformações

Retrato de Carlos II, o último rei dos Áustrias / Crédito: Wikimedia Commons

 

Como último rei dos Áustrias, Carlos II sofreu durante toda a sua vida graças à profunda consanguinidade entre seus pais. Muito além de tio e sobrinha, Felipe IV e Mariana da Áustria ainda acumulavam gerações do mesmo DNA — era como se fossem irmãos.

Dessa forma, segundo explica Francisco Ceballos, da Universidade de Witwatersrand, em Johanesburgo, o herdeiro da Casa de Habsburgo foi profundamente afetado pelo incesto. No geral, ele tinha diversas deformidades, além da infertilidade, que levou à extinção de sua linhagem na Europa.


5. Genes carregados

Retrato de Carlos I, da Espanha / Crédito: Wikimedia Commons

 

A partir de um estudo publicado em 2019, Francisco Ceballos e sua equipe confirmaram que, pelo menos no caso dos Áustrias, diversas características da família foram geradas e perpetuadas pelo incesto. A proeminência da mandíbula, por exemplo, é um fator recessivo que surgiu nos monarcas da linhagem. Dessa forma, segundo os estudiosos, quanto maior o parentesco entre os pais, maior a deformação dos filhos.


+Saiba mais obre os escândalos da realeza através de obras disponíveis na Amazon

Carlos V, de Linda Carlino (2013) - https://amzn.to/2OK93pf

Os Románov, de Simon Sebag Montefiore (2016) - https://amzn.to/2RbMED8

Cleópatra: como a última rainha do Egito perdeu a guerra, o trono e a vida e se tornou um dos maiores mitos da História, de Arlete Salvador - https://amzn.to/2RfPzKZ

Elizabeth I: Uma biografia, de Lisa Hilton (2016) - https://amzn.to/2sJ2vyT

O reino Ptolemaico do Egito Antigo: A História e o Legado da Dinastia Ptolomeu e o Fim do Império Egípcio, de Charles River Editors (2019) - https://amzn.to/35ZUZxW

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W