Curiosidades » Brasil

Livro sobre história das armas no Brasil será beneficiado pela Lei Rouanet

Obra é financiada pela Taurus, a maior fabricante de armas de fogo em território nacional

Redação Publicado em 20/04/2022, às 15h07

Trecho de entrevista com André Porciuncula, e fotografia dele segurando arma
Trecho de entrevista com André Porciuncula, e fotografia dele segurando arma - Divulgação/ Youtube/ Jovem Pan/ Instagram/ Arquivo Pessoal

Em dezembro de 2021,André Porciuncula (PL), então Secretário de Fomento à Cultura, aprovou o uso de recursos da Lei Rouanet para uma série de projetos armamentistas, entre os quais estão cinco palestras e um livro chamado "Armas & Defesa: A História das Armas no Brasil".

A informação foi divulgada pela Agência Brasil na última terça-feira, 19. De acordo com o veículo, um total de 427 mil reais foram reservados pelo governo para investimento nessas iniciativas pró-armamentos. 

Um detalhe de relevância é que o livro citado é financiado pela Taurus, a maior fabricante de armas de fogo em território nacional. As palestras, que serão voltadas para a discussão da obra, tem como requerimento que 50% de sua plateia seja composta por estudantes e professores de instituições públicas de ensino. 

É importante mencionar ainda que Porciuncula, que saiu do cargo em março deste ano, também prometeu direcionar uma verba de 1,2 bilhões da Rouanet para outros projetos desse gênero em um discurso feito na Convenção Nacional Pró-Armas de 2022: 

"Estamos lançando agora, de linha audiovisual, que vocês podem usar para fazer documentários, filmes, webséries, podcasts, para quê? Para trazer a pauta do armamento dentro de um discurso de imaginário. Trazer filmes sobre o armamento, da importância do armamento para a civilização, a importância do armamento para garantir a liberdade humana", afirmou o político na época.