Curiosidades » Monarquia

Lorde Ivar Mountbatten e James Coyle: o primeiro casamento homoafetivo da Família Real Britânica

A ex-esposa de Mountbatten, condessa Penny, até ajudou a organizar a cerimônia que oficializou a nova união

Vanessa Centamori Publicado em 09/03/2020, às 12h10

Lorde Ivar Mountbatten e James Coyle
Lorde Ivar Mountbatten e James Coyle - Divulgação/Instagram

Em setembro de 2018, a história da Família Real Britânica mudou em favorecimento da causa LGBT. Lord Ivar Mountbatten, primo da rainha Elizabeth, fez história ao se casar com o diretor de serviços aéreos James Coyle, na primeira cerimônia real já ocorrida entre pessoas do mesmo sexo. 

Quem levou Mountbatten até o altar foi sua ex-esposa, Penny Mountbatten, de quem ele se divorciou em 2011. Em entrevista ao jornal Daily Mail, a mulher contou que tudo foi ideia das filhas que ela teve com o ex-marido, com quem foi casada por 17 anos. Ivar e Penny tiveram três filhas: Ella, de 22 anos, Alix, de 20, e Luli, de 15. 

O casal se conheceu em um resort suíço de esqui / Crédito: Divulgação/Instagram

 

Todas as meninas apoiam a nova união do pai com Coyle. Penny, que casou novamente, com o consultor de TI, David Hurst, até ajudou na organização da cerimônia do casamento do ex-marido. “O que eu não acho que Ivar perceba é o quanto ele mudou como homem desde que ele ‘saiu’ [ do armário]", afirmou a ex-esposa. 

O casamento homoafetivo ocorreu no sudoeste da Inglaterra, no condado de Devon, em uma capela privada. Um total de 60 convidados pôde acompanhar a cerimônia. Todos foram incentivados a não dar presentes para o casal que oficializou a união. Em vez disso, doações foram feitas para uma instituição de caridade voltada para portadores de lesões medulares.

Não havia nenhum convidado da família real presente entre os convidados, embora o conde a condessa de Wessex tenham lamentado não vir ao casório. "Sophie e Edward sabem dos nossos planos e estão realmente animados conosco", disse Mountbatten. “Infelizmente, eles não puderam ir ao casamento. Suas agendas são organizadas com meses de antecedência e eles não estavam aqui por perto”. 

O primeiro casal homossexual a se casar na Família Real Britânica / Crédito: Divulgação/Instagram

 

Ivar Mountbatten e James Coyle se conheceram em 2016, cerca de cinco anos depois do divórcio de Mountbatten. Depois que o casal se encontrou pela primeira vez, em um resort suíço de esqui, um amor grandioso floresceu. Isso fez Mountbatten tomar coragem e se tornar o primeiro membro da Família Real a se assumir publicamente gay. 

Na Inglaterra e no País de Gales, o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado somente em 2014. À Revista Tatler, Mountbatten contou recentemente que o seu casamento não é um dos assuntos mais comentados na realeza e que não faz ideia de como a notícia foi vista pela Rainha Elizabeth. "Eles realmente não falam sobre isso. Quero dizer, a Família Real não se comunica muito bem", comentou.


Saiba mais sobre a Família Real Britânica por meio das obras abaixo:

Diana: Sua verdadeira história em suas próprias palavras, de Andrew Morton ( 2013) - https://amzn.to/2Q14VBI

A Real Elizabeth, de Andrew Marr ( 2012) - https://amzn.to/2vUiPyu

Elizabeth I: Uma biografia, de Lisa Hilton ( 2016) - https://amzn.to/3cKYk8g

Maria Stuart, de Stefan Zweig e Lya Luft ( 2018) - https://amzn.to/2wJoPdu

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.