Curiosidades » Comunismo

Mary Burns, a radical namorada proletária de Friedrich Engels

Analfabeta e operária, a mulher transformou as visões do teórico ao lhe mostrar a real situação da classe trabalhadora na Inglaterra

Isabela Barreiros Publicado em 28/02/2020, às 09h00

A namorada de Engels, Mary Burns
A namorada de Engels, Mary Burns - Wikimedia Commons

Enquanto passava um tempo em Manchester, na Inglaterra, Friedrich Engels conheceu Mary Burns, que viria a se tornar sua maior companheira de vida. Pouco tempo antes, em 1842, conheceu Karl Marx no escritório do jornal radical Rheinische Zeitung, na cidade de Colônia, na Alemanha. Os dois encontros marcariam sua vida e trajetória como comunista.

Mary era uma proletária irlandesa que trabalhava em uma de suas fábricas na Inglaterra. Analfabeta, vivia na pele a situação da classe trabalhadora no momento de transformações vividas pela Europa em sua modernização, principalmente nas fábricas.

E foi por isso que, ao conhecer Engels, passou a apresenta-lo ao mundo real dos trabalhadores, os quais ele tinha muito interesse de estudo. O teórico comunista escreveu ainda o texto A Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra (1845), baseado nessa experiência.

Friedrich Engels / Crédito: Getty Images

 

A proximidade e o posterior relacionamento dos dois — que viviam como marido e mulher embora não tivessem se casado oficialmente — pode ter radicalizado as visões do socialista, que passou a observar mais de perto o contexto social em questão.

Ao narrar o cenário das favelas em Manchester, por exemplo, Engels parece transcrever a visão que teve ao visitar o local — estando Mary provavelmente envolvida nisso.

“Como uma garota irlandesa com uma família extensa, [Mary] teria sido capaz de levá-lo pelas favelas... Se ele estivesse sozinho, um estrangeiro de classe média, é duvidoso que ele tivesse emergido vivo e certamente não vestido”, apontou o historiador estadunidense Edmund Wilson.

Por mais que eles não tivessem se casado oficialmente na igreja, devido à descrença dos dois na instituição do casamento, Burns e Engels tiveram uma relação muito próxima. Quando Mary morreu, aos seus poucos 40 anos, o comunista sofreu muito, revelando até mesmo para Marx a situação triste na qual se encontrava.


+ Saiba mais sobre o comunismo por meio dos livros a seguir:

O Manifesto do Partido Comunista, Karl Marx e Friedrich Engels (2019) - https://amzn.to/2RXJjHX

Princípios Básicos do Comunismo e outros textos, Friedrich Engels (2014) - https://amzn.to/2GSDYv6

O Capital [Livro I]: crítica da economia política. O processo de produção do capital, Karl Marx (2017) - https://amzn.to/2RWpIYt

A origem da família, da propriedade privada e do Estado (Edição de bolso), Friedrich Engels (2014) - https://amzn.to/3bUxM3X

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com a BlackFriday e estarão disponíveis até 01/12/2019. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.