Curiosidades » Cultura

Médico brasileiro lança obra em que denuncia violência sexual na infância

O primeiro estupro: a morte de minha alma, de Volnei Tavares retrata as consequências do abuso sexual na vida de homens que foram vítimas do crime quando crianças

Victória Gearini Publicado em 01/02/2021, às 14h10

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação / Pixabay

Lançada em 2020, pela Editora Chiado Books, a obra O primeiro estupro: a morte de minha alma, de Volnei Tavares, retrata um assunto que ainda hoje é considerado tabu pela sociedade: violência sexual contra homens.  

Assinada pelo pseudônimo Joaquim Manoel da Silva, esta obra foi escrita a partir das observações e experiência de Tavares trabalhando como médico e sociólogo. Embora o livro seja resultado de sua criatividade, a narrativa conta com elementos reais, inspirados em personagens que o autor conheceu ao longo de sua carreira, e memórias que adquiriu neste tempo.

[Colocar ALT]
O primeiro estupro: a morte de minha alma, de Volnei Tavares (2020) / Crédito: Divulgação / Editora Chiado Books

Durante sete anos, o sociólogo atuou como educador social na Fundação de Assistência Social e Comunitária (FASC), em Porto Alegre, onde pôde conhecer diversas histórias emocionantes. Mais tarde, o escritor passou a dar atendimento médico em hospitais, onde conheceu a brutalidade da violência sexual contra crianças. 

A partir de sua experiência na área da saúde, o estudante de violino na UFPel, decidiu que precisava escrever um livro sobre este tema. Além disso, por meio de uma abordagem diferente, o autor revela um tabu iminente na sociedade: o abuso sexual contra meninos. 

Por meio de uma análise minuciosa e uma linguagem emocionante, o escritor conduz o leitor a conhecer a realidade de homens que já sofreram algum tipo de violência sexual durante a infância. O especialista discute, ainda, os traumas permanentes nos corpos e mentes destas vítimas.

Disponível na Amazon, em formato Kindle, O primeiro estupro: a morte de minha alma, além do Brasil, foi lançado em Portugal, Angola e Cabo Verde, sendo amplamente elogiado pela crítica.

Confira um trecho do prefácio de O primeiro estupro: a morte de minha alma (2020): 

“Sou cativo de um mundo parvo, onde a liberdade não 

é mais que um sonho. 

Bestas a comer minhas entranhas…

Minha aspirações mais pueris estão cerradas, 

Os grilhões? São outros.”


+Saiba mais sobre esta e outras obras relacionadas ao tema e disponíveis na Amazon: 

O primeiro estupro: a morte de minha alma, de Volnei Tavares (2020) - https://amzn.to/3cweVyY

Abuso: A cultura do estupro no Brasil, de Ana Paula Araújo (2020) - https://amzn.to/3cwZE0K

Do que estamos falando quando falamos de estupro, de Sohaila Abdulali (2019) - https://amzn.to/3oFuWF7

O Delito De Estupro, de Fabio Agne Fayet (2011) - https://amzn.to/36u53ly

A Cultura do Estupro, de On Line Editora (2016) - https://amzn.to/3altRgB

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W