Curiosidades » União Soviética

O curioso comercial de Gorbachev para a Pizza Hut

Antigo líder soviético apareceu na propaganda seis anos após o fim do país

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 08/12/2021, às 20h13

Parte do comercial onde Mikhail Gorbachev corta um pedaço de pizza para sua neta, Anastasia
Parte do comercial onde Mikhail Gorbachev corta um pedaço de pizza para sua neta, Anastasia - Divulgação / YouTube / Tom Darbyshire

Mikhail Sergeyevich Gorbachev, oitavo e último líder da União Soviética, responsável pelas políticas de glasnost e perestroika e chefe de estado durante o acidente nuclear de Chernobyl, é enxergado por muitos como o homem que levou a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas ao seu fim no ano de 1991.

Mas, sua fama vai além dos fatos puramente históricos: ele participou de um comercial da Pizza Hut em 1997, apenas seis anos depois do colapso do país que liderava.

Na propaganda para a marca americana de pizza, Gorbachev, que liderou a União Soviética durante seis anos, é mostrado dentro de um dos restaurantes da rede ao lado de sua neta, uma menina chamada Anastasia, que tinha apenas dez anos de idade na época em que o comercial foi gravado.

Dentro da propaganda, que também mostra a Praça Vermelha, um cartão postal clássico da cidade de Moscou, dois homens de uma família russa discutem o mandato polêmico de Mikhail Gorbachev e o fim — que ainda era recente — do período socialista do país, tentando decidir se isso tudo deve ser visto como algo positivo ou negativo.

É então que uma idosa, que os ouvia enquanto estava sentada na mesma mesa, traz sua própria conclusão, positiva, ao dizer: “Por causa dele [Gorbachev] temos Pizza Hut”.

Os então representantes do antigo líder soviético disseram para emissora CNN, no ano de 1997, que Gorbachev tinha concordado em fazer parte do comercial americano para conseguir arrecadar mais fundos para a Fundação Gorbachev de Estudos Socioeconômicos e Políticos, que leva o seu nome e está ativa até hoje, em dezembro de 2021.

O líder comentou mais sobre suas intenções em um depoimento que deu naquele mesmo ano, destacando a necessidade que enxergava em passar o seu legado para frente:

Estou montando uma biblioteca e um arquivo da perestroika, e esse projeto requer certo dinheiro.” Ele completa: “A perestroika deu impulso para a Rússia e todo o mundo. É muito importante que tudo que aconteceu seja preservado nesses dois centros.”

Em nota, o antigo líder também disse que ele não havia concordado com promover nada, e que já tinha recusado diversas outras ofertas anteriormente.

Mas, a pizza se tornou uma exceção para o homem, porque, para ele, ela tem uma capacidade de aproximar as pessoas uma das outras, trazendo socialização para quem a come.

É uma parte importante da vida. Não é só consumo, é também socialização. Se eu não enxergasse [a pizza] como algo que beneficia as pessoas, eu não teria concordado em fazer [o comercial].”

Depois da gravação dessa propaganda inusitada, Mikhail Gorbachev disse que não apareceria em mais comerciais.

Sergei Tatosyan, que era gerente da loja da cadeia Pizza Hut onde o comercial foi gravado, disse para a CNN na época, que a propaganda americana não seria mostrada dentro da Rússia, onde o antigo líder soviético ainda era mal visto e culpado por muitos cidadãos pelo fim da União Soviética em 1991.

Confira o comercial polêmico estrelado por Mikhail Gorbachev, com legendas em inglês, no vídeo abaixo.