Curiosidades » Bizarro

Sexo em vitrines: O exótico Distrito da Luz Vermelha

Em bordéis badalados, prostitutas de Amsterdã oferecem seus serviços dia e noite como se estivessem em uma loja de roupas. Confira as imagens

Isabela Barreiros Publicado em 31/01/2020, às 12h30 - Atualizado às 19h00

Vitrines da rua onde mulheres são expostas
Vitrines da rua onde mulheres são expostas - Wikimedia Commons

O Distrito da Luz Vermelha, também conhecido como De Wallen, é um bairro tradicional de prostituição legalizada na cidade de Amsterdã. São 290 janelas, que parecem vitrines de lojas, onde mulheres oferecem seus serviços de dia ou noite — elas frequentemente trabalham 22 horas diariamente.

Além dos bordeis, a região também abriga uma série de sex shops, museus, bares, restaurantes, cafés e até a igreja mais antiga da cidade.

Recentemente, a primeira prefeita de Amsterdã, Femke Halsema, sugeriu reformas para garantir a proteção das profissionais do sexo e diminuir as consequências do turismo de massa no local. Desde 2000, esse tipo de prostituição (nas janelas, bordéis e casas privadas) é legalizado no país, diferentemente do de rua.

Um comunicado da prefeitura relata que um número de visitantes transformaram as prostitutas em apenas uma atração turística. “Em alguns casos, isso vem acompanhado de comportamentos perturbadores e atitudes desrespeitosas contra as profissionais nas janelas”, diz ainda a mensagem.

Confira as imagens:

Crédito: Wikimedia Commons

 

Crédito: Wikimedia Commons

 

Crédito: Wikimedia Commons

 

Crédito: Wikimedia Commons

 

Crédito: Wikimedia Commons

+Saiba mais sobre a sexualidade através dos anos com os livros abaixo

Prazeres e pecados do sexo na história do Brasil, Paulo Sérgio do Carmo (2019) (eBook) - https://amzn.to/2Z3s0qD

O Livro do Amor, Regina Navarro Lins (2012) - https://amzn.to/38QZj4D

Momentos Na História Da Sexualidade, Jan Bremmer (2009) - https://amzn.to/2rKlEjT

História da sexualidade, Michel Foucault (2014) - https://amzn.to/34Bkbd6

Schiele, Egon Schiele (2006) - https://amzn.to/3ahhfWZ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.