Curiosidades » Curiosidades

O homem que foi mordido pela cabeça da cobra que matou

Na China, há 8 anos, um chef pensou ter matado a cobra que havia decapitado, mas acabou surpreendido

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/08/2021, às 14h28 - Atualizado às 14h29

Cobra cuspideira indochinesa (imagem ilustrativa)
Cobra cuspideira indochinesa (imagem ilustrativa) - Tontanthailand via Wikimedia Commons

No sul da China, existem restaurantes extravagantes que servem sopas feitas com carne de uma espécie bastante distinta de cobra que são consideradas uma iguaria rara. Preparar essa refeição, porém, acabou se tornando um pesadelo para um chef da cidade de Foshan em agosto de 2014.

Há 8 anos, como relatou o jornal O Globo com informações do jornal britânico Daily Telegraph, o cozinheiro Peng Fan estava trabalhando na sopa especial que contava com a carne da espécie cuspideira indochinesa, ou ainda naja siamensis, de nome científico Hemachatus haemachatus.

Ele cortou a cabeça da cobra e preparou o restante da refeição com a carne do corpo restante do animal. Com o prato quase pronto, decidiu jogar o crânio que havia decepado no lixo. No entanto, o chef acabou sendo surpreendido — negativamente.

É fato que a espécie de cobra é conhecida por ter um veneno potente capaz de causar asfixia e paralisia. Além disso, o animal, encontrado geralmente no sudeste asiático, também pode causar cegueira se o líquido entrar em contato com os olhos da vítima.

No caso de Fan, o golpe do réptil foi tão súbito que não deu tempo para nenhuma reação. Ele estava tentando preparar um belo e delicioso jantar no restaurante Lin Sun, mas acabou sendo vítima de uma tragédia bastante inusitada.

Foram 20 minutos fazendo a sopa enquanto a cabeça aguardava para ser descartada. A cobra, porém, não estava morta e, quando o cozinheiro pegou a carcaça para jogá-la fora, acabou tendo sua mão picada e preenchida pelo veneno do animal.

Segundo o especialista, Yang Hong-chang, que estudou cobras por mais de 40 anos e foi ouvido pelo Daily Mail, já foram observadas reações em répteis em até uma hora após perda de membros do corpo ou até mesmo o corpo todo. 

O pesquisador afirmou que “é perfeitamente possível que a cobra tenha permanecido viva e mordido a mão de Peng".

"Quando uma cobra perder a cabeça ela estará efetivamente morta quando as funções básicas do corpo cessarem, mas ainda haverá algum reflexo. Isso significa que ela tem a capacidade de morder e injetar veneno, mesmo após a cabeça ter sido cortada”, explicou.

Embora o comportamento do animal possa ser previsto, a situação no restaurante acabou virando uma grande tragédia com a morte do chef. Lin Sun,  que estava no estabelecimento quando o caso aconteceu também relatou a experiência ao jornal.

“Estávamos no restaurante fazendo uma refeição para o aniversário da minha esposa quando de repente houve muita comoção”, contou. “Não sabíamos o que estava acontecendo, mas ouvíamos gritos vindos da cozinha”.

“Houve chamadas para um médico no restaurante, mas infelizmente quando o atendimento médico chegou, o homem já havia morrido”, continou. “Depois que soubemos disso, não continuamos com nossa refeição."

De acordo com um porta-voz da polícia, que informou a população sobre o episódio na época, afirmou que casos como aquele são “altamente comuns”. “O Sr. Fan teve uma reação muito severa à mordida”, afirmou.

A autoridade disse ainda: "Não havia nada que pudesse ser feito para salvar o homem. Apenas o anti-veneno poderia ter ajudado, mas não foi dado a tempo. Ele mesmo preparou a cobra e não teve sorte. Foi apenas um acidente trágico."