Curiosidades » Personagem

O misterioso desaparecimento dos ossos do Papai Noel da vida real

Duas cidades disputam os restos mortais do famoso São Nicolau que originou a lenda do bom velhinho

Isabela Barreiros Publicado em 04/12/2019, às 15h39

O famoso Papai Noel
O famoso Papai Noel - Getty Images

Os ossos que são designados ao Papai Noel da vida real modificam a ideia que temos do bom velhinho atualmente. Baixo e magro, São Nicolau tinha olhos grandes e uma cabeça enorme, pescoço forte e uma mandíbula quadrada. Estava também com o nariz quebrado, como se ele estivesse envolvido em uma briga — o que alimenta a hipótese de que ele tenha sido um homem temperamental.

Essas conclusões foram tomadas a partir de apenas uma análise científica. Em 1953, a sepultura de São Nicolau foi aberta para que os ossos pudessem ser medidos e radiografados, ainda que estivessem em um estado muito sensível e crítico. Mas os cientistas também fizeram outra descoberta: alguns pedaços do Papai Noel estavam faltando.

Ilustração de São Nicolau / Crédito: Getty Images

 

O homem foi um bispo que viveu na Turquia durante o século 4. No entanto, não se sabe muito sobre a sua vida, apenas que ele tinha reputação de possuir muita generosidade após doar sua rica herança a pessoas doentes e necessitadas.

Existe uma lenda que deu origem à figura do Papai Noel, que ainda persiste nos dias de hoje. Um homem muito pobre estava pensando em vender suas três filhas como escravas porque não tinha como pagar pelos dotes de casamento. São Nicolau, bondoso como era, apareceu em três noites diferentes na casa do homem e jogou sacolas de ouro pela janela. Naquela época, as chaminés não haviam sido inventadas ainda, sendo uma atualização à história.

O bispo morreu no dia 6 de dezembro de 343 d.C na cidade de Mira, Turquia. No local em que foi primeiramente enterrado, existe um túmulo em sua homenagem, no qual inúmeros devotos fazem peregrinação em sua memória.

Como dito, ele foi inicialmente enterrado em Mira. Em 1087, alguns marinheiros italianos foram responsáveis por roubar o corpo e levá-lo para seu país natal. Acredita-se que isso tenha sido feito no intuito de protege-lo da invasão dos turcos seljúcidas no local, um grupo nômade religião islâmica sunita.

Os restos mortais de São Nicolau permaneceram por muito tempo em Bali — e também pensava-se que eram os únicos. No entanto, parece que os marinheiros não pegaram tudo que viram na sepultura em Mira, porque foram encontrados ossos em outra cidade italiana.

Crédito: Getty Images

 

Na verdade, especialistas pensam que os ladrões de ossos não removeram todos os pedaços do morto. Uma hipótese levantada por eles é que outras pessoas tenham os trazido para Veneza durante as primeiras cruzadas conduzidas pela Europa, entre 1096 e 1099.

Em Veneza, mais especificamente no monastério de San Nicoló al Lido, estão os fragmentos que faltavam do corpo do Papai Noel da vida real. Durante muito tempo, os dois locais que abrigam as partes discutiram quem realmente poderia reivindicar a posse dos restos do verdadeiro São Nicolau. Isso permanece até os dias de hoje.


+ Saiba mais sobre o Papai Noel por meio dos livros a seguir:

O Papai Noel não vem aqui: Uma antologia de Natal, Maria Freitas (2018) - https://amzn.to/3886pl9

Nicolau São Norte e a batalha contra o rei dos pesadelos (Os Guardiões Livro 1), William Joyce (2012) - https://amzn.to/385I5Af

Sandman - A história de Sanderson Soneca: 4, William Joyce (2013) - https://amzn.to/2rep65V

Sao Nicolau - sua historia e suas gentes: Familia Badjid, Carlos Lopes (2016) - https://amzn.to/34OR1YB

Nicholas St. North and the Battle of the Nightmare King, William Joyce (2018) - https://amzn.to/2YghCeK

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.