Curiosidades » Estados Unidos

O que aconteceu com o polêmico Rancho Spahn?

De set de filmagens a sede da Família Manson: o macabro local teve um destino peculiar

Alana Sousa Publicado em 25/10/2020, às 10h00

Carros de polícia do Rancho Spahn
Carros de polícia do Rancho Spahn - Wikimedia Commons

Sede da infame comunidade criada por Charles Manson, o Rancho Spahn era palco de uso de drogas, orgias e o planejamento de um dos crimes mais brutais da história americana.

Foi das colinas de Santa Susana na Califórnia que o grupo guiado pelo lunáticoManson partiu no dia 8 de agosto de 1969. Mais tarde, instigados pelo líder do grupo, Tex Watson, Susan Atkins, Patricia Krenwinkel e Linda Kasabian esfaquearam a atrizSharon Tate até a morte.

Além da estrela, O cabeleireiro Jay Sebring, o roteirista Wojciech Frykowski, a milionária Abigail Folger e o vigia da casa Steven Parent também foram vítimas do grupo cruel após serem espancados, baleados e esfaqueados.

Membros da família Manson / Crédito: Wikimedia Commons

 

Depois dos assassinatos, parte da FamíliaManson voltou para o Rancho Spahn, o abrigo seguro e o único lugar que eles podiam chamar de lar. Apesar de sabermos sobre as prisões dos responsáveis pelas mortes, o destino da propriedade no deserto americano ainda é motivo de curiosidade. Afinal, o que aconteceu com a macabra residência dos terríveis homicidas?

Destino do Rancho Spahn

O rancho, localizado nas montanhas da Califórnia, próximo a Hollywood, tinha pertencido a Sharon M. Atkins, em 1928. Porém, na década de 1940 ele vendeu o terreno para Lee McReynolds, que passou a disponibilizar o cenário para a gravação de filmes de faroeste.

Lá foi filmado o famoso filme Duelo ao Sol (1946) e as séries Zorro (1949 -1957) e Bonanza (1959 -1973). De um requisitado set de filmagens, a propriedade passou a ser usada como residência. Em 1953, foi comprado por George Spahn — daí veio o nome Rancho Spahn.

Spahn, já com idade avançada, permitiu que os membros da Família Manson se mudassem para o local em troca de trabalho. Charles também mandava uma garota frequentemente para ter relações sexuais com o homem de 80 anos.

O rancho antes do incêndio / Crédito: Wikimedia Commons

 

Ainda vivendo no rancho na época dos assassinatos, a Família realizava todos os tipos de atividades insanas, desde a preparação para o Armagedom até a idealização de uma guerra racial.

Depois dos assassinatos do grupo de Manson, as autoridades invadiram o rancho, colocando na prisão todos que moravam lá, com exceção de Spahn, que não sabia dos atos brutais de seus moradores.

Um ano depois, em 1970, um incêndio destruiu quase tudo na propriedade californiana, tornando-a inabitável. Em seguida do acidente, o governo dos Estados Unidos se tornou o dono legal do rancho.

Hoje, a região faz parte do Parque Histórico Estadual de Santa Susana Pass na Califórnia. Aberto à visitação, a antiga casa de Manson impressiona não só pelo passado obscuro, mas pela paisagem formidável do Vale de São Fernando.


+Saiba mais sobre crimes por meio das obras disponíveis na Amazon

Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, de Harold Schrechter (2019) - https://amzn.to/39YVlGK

De frente com o serial killer, de Mark Olshaker e John E. Douglas (2019) -https://amzn.to/2UX47R4

Lady Killers: As mulheres mais letais da história, de Tori Telfer (2019) - https://amzn.to/3c7BoPb

Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers, de John Douglas e Olshaker Mark (2017) - https://amzn.to/2xccb7L

Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, de Ann Rule (2019) - https://amzn.to/3cauuc9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W