Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / The Office

The Office: O ator que foi infeliz durante as gravações

Embora querido e reconhecido por seu papel, ator nem sempre esteve contente: “As pessoas amavam. Eu não estava curtindo"

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 26/11/2023, às 14h00 - Atualizado em 01/12/2023, às 19h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena de The Office - Divulgação/ NBC
Cena de The Office - Divulgação/ NBC

Considerado pela Rolling Stone, em 2016, como um dos 100 maiores programas de televisão de todos os tempos, The Office se tornou um sucesso mundial no começo deste século e fora exibido por nove temporadas, entre março de 2005 e maio de 2013.

A adaptação de uma série britânica homônima, a versão estadunidense de The Office teve temporadas aclamadas pela crítica e recebeu importantes prêmios dentro da indústria, como o Peabody Award (2006); dois Screen Actors Guild Awards; um Globo de Ouro (pela atuação de Carell); e quatro Primetime Emmy Awards (incluindo um para Melhor Série de Comédia, em 2006). 

A série, feita no formato pseudodocumentário (mockumentary), acompanha o cotidiano nada normal de funcionários da filial de Scranton, na Pensilvânia, da Dunder Mifflin Paper Company — uma empresa que vende papéis. 

Cena de The Office/ Crédito: Divulgação/CBS

Criada por Ricky Gervais e Stephen Merchant, The Office marcou época não só por retratar o dia-a-dia corporativo de forma bem-humorada e escrachada, como também por criar laços do público com os queridos personagens e seus envolvimentos pessoais.

Cativante e descontraída, The Office possui um arco final difícil de ser esquecido e que, com certeza, estará para sempre nos corações dos fãs da série. Tudo isso graças aos incríveis papéis de nomes como Steve Carell, John Krasinski, Jenna Fischer e Rainn Wilson.

Embora Wilson tenha sido eternizado com o excêntrico Dwight Schrute, o ator de 57 anos revelou, durante antiga entrevista ao podcast "Club Random With Bill Maher", que nem sempre foi feliz durante os anos que participou da sitcom

+ B.J Novak, de The Office, vira garoto propaganda de produtos inusitados após confusão na internet

Assistente do Gerente Regional

Proprietário de uma plantação de beterraba, Dwight Kurt Schrute III também é conhecido por seu amor pelas artes marciais e pelo sistema judiciário. Um dos vendedores de papéis mais competentes da filial de Scranton da Dunder Mifflin Paper Company, detém formalmente o título de "Assistente do Gerente Regional" — embora, constantemente, se refere a si como "Gerente Regional Assistente"; uma tentativa de se elevar ao segundo no comando, apenas atrás do gerente da filial, Michael Scott (Steve Carell).

Rainn Wilson como Dwight Schrute em The Office/ Crédito: CBS

Embora aja com um ar de superioridade diante de seus colegas de escritório, algo que ele acredita firmemente ser, Dwight sempre costuma cair nas pegadinhas de seu companheiro de mesa e amigo Jim Halpert (John Krasinski)

Visto como o puxa-saco da firma, Schrute também é caracterizado por seu modo de falar intenso e formal; mas não deixa de ser um fiel companheiro e ombro amigo. Apesar de seu modo peculiar, o personagem de Rainn Wilson acaba conquistando o coração de qualquer um aos poucos. 

Dwight Schrute, inclusive, é seu principal papel em sua carreira até hoje. Apesar desse reconhecimento, Wilson revelou ao podcast "Club Random With Bill Maher", em julho deste ano, que nem sempre esteve satisfeito com a sitcom. 

Enquanto estive em 'The Office', passei vários anos infeliz de verdade, porque [a série] não era suficiente para mim", disse. 

"Hoje eu compreendo: estava em um show de sucesso; indicado anualmente ao Emmy; fazendo um monte de dinheiro; trabalhando com Steve Carell, Jenna Fischer, o John Krasinski e roteiristas e diretores incríveis, como o Paul Feig", concordou.

Embora fizesse parte do elenco de um dos shows mais aclamados da televisão, o papel nem sempre lhe satisfez como gostaria: "As pessoas amavam. Eu não estava curtindo".

Rainn Wilson como Dwight Schrute em The Office/ Crédito: CBS

Ainda na entrevista, Rainn Wilson contou que, na época, se questionava o motivo de não ter se tornado um astro do cinema. "Eu só conseguia pensar, 'por que não sou um astro de cinema? Por que não sou o novo Jack Black ou Will Ferrell? Como não consigo uma carreira no cinema? Por que não consigo um contrato melhor?'."

Eu estava fazendo centenas de milhares [de dólares], mas queria milhões. Eu era um astro de TV, mas queria ser um astro de cinema… Nada era suficiente", finaliza. 

Superando a depressão

Recentemente, em agosto, Wilson voltou a falar sobre o assunto em entrevista a outro podcast, "The Diary Of A CEO", apresentado por Steven Bartlett, onde revelou que ter sofrido crises de ansiedade durante os bastidores. "Eu comecei a sofrer com ataques de ansiedade paralisantes — eu ficava literalmente tremendo e suando no chão. Achava que ia morrer".

Os problemas de saúde mental, porém, eram algo que já lhe acompanhavam por anos. Além disso, o ator relatou que a falta de conhecimento da sociedade na época impactou que ele buscasse ajuda especializada.

Nos anos 1990, não tínhamos palavras para descrever crises de saúde mental, e as pessoas não faziam terapia. Eu estava muito deprimido e frustrado", continuou.

Rainn, porém, destacou que o ambiente nos bastidores de The Office não era ruim, ele apenas nutria ambições maiores para sua carreira. "Às vezes eu tinha muita dificuldade. Em outros momentos, aquele era o melhor trabalho que eu poderia imaginar. Mas eu ficava bravo por não conseguir contratos para fazer mais filmes".

Quando tinha apenas dois anos, o ator sofreu com o abandono de sua mãe, e teve que viver apenas com seu pai — que aos 3 o levou para viver numa floresta na Nicarágua. Durante sua infância, Wilson conviveu em um ambiente marcado pelas brigas do patriarca com sua nova esposa. 

Rainn Wilson como Dwight Schrute em The Office/ Crédito: CBS

Após mais de duas décadas de terapia, hoje Rainn Wilson tem uma visão diferente de sua vida e carreira, além de se sentir melhor mentalmente. "Gastei muito tempo desnecessariamente angustiado, descontente, quando deveria estar apenas curtindo", finalizou.