Curiosidades » Personagem

Onde está ex-esposa de Saddam Hussein, Sajida Talfah?

Desde os bombardeios à cidade de Bagdá em 2003, o destino da mulher permanece um mistério até os dias de hoje

Isabela Barreiros Publicado em 03/07/2020, às 11h00

A família Hussein
A família Hussein - Getty Images

Em 2003, o governo de Saddam Hussein, no Iraque, foi derrubado após uma invasão estrangeira ilegal comandada pelos EUA, que, descumprindo decisões da ONU, tomou Bagdá sob a alegação de que o país estava gerando armas nucleares. Desaparecido durante três anos, o ditador foi encontrado maltrapilho, num buraco no chão. Ele foi, então, condenado à morte.

Nessa época, onde estaria a família do então líder iraquiano? Pouco se sabe sobre o que aconteceu com sua ex-esposa, Sajida Talfah, com quem teve seus cinco filhos — tornando o destino da mulher um mistério que persiste até os dias de hoje.

Sajida Talfah, ex-esposa de Saddam Hussein / Crédito: Getty Images

 

Acredita-se que Saddam e Sajida tenham se casado por volta de 1960, pois não se sabe exatamente quando isso aconteceu. A moça atuava como professora antes de iniciar o relacionamento com seu primo, que ainda não ocupava o cargo de presidente do Iraque, o que aconteceria anos depois, em 1979.

Eles tiveram cinco descendentes, começando em 1964: Uday, Qusay, Raghad, Rana e Hala. Os dois primeiros tinham posições importantes no governo do pai e foram mortos pelas Forças Armadas estadunidenses em 2003, com a invasão ao seu país natal. As três filhas do tirano fugiram para a Jordânia ao final do conflito, recebendo proteção da família real.

Raghad é, até os dias de hoje, procurada pelo governo iraquiano. Muitos alegam que ela financiou e apoiou deliberadamente a insurgência que aconteceu no país. A monarquia jordaniana, porém, não aceitou entrega-la às autoridades do país.

Crédito: Getty Images

 

É sabido onde os filhos de Saddam estão, mas o mesmo não pode ser dito sobre sua ex-esposa Sajida. Pouco antes dos bombardeios a Bagdá começarem, no que ficou conhecida como a Batalha de Bagdá, em 2003, ela desapareceu do mapa.

Alguns acreditam que Talfah tenha deixado o país ainda antes disso, nos anos 1990, devido à Guerra do Golfo e que tenha se estabelecido na Suíça. No entanto, o mais provável é que ela tenha deixado o Iraque em 2003 e ido para o Catar.

Crédito: Getty Images

 

Em 2015, surgiram boatos de que Sajida teria morrido. A família, no entanto, negou a história, afirmando que ela permanecia viva.

Mesmo que não tenha sido a companheira de Saddam até a morte dele, em 2006, muito se questiona sobre onde a mulher poderia estar. O político se casou com sua amante Samira Shahbandar em 1986, ainda que tanto ele quanto ela estivessem casados. O tirano nunca se divorciou de sua primeira esposa, o que causou revolta nela e na família.


+ Saiba mais sobre Saddam Hussein e seu governo por meio das obras a seguir:

Saddam Hussein: A Life From Beginning to End, Hourly History - https://amzn.to/37bRfdb

Saddam Hussein: A Political Biography, Efraim Karsh e Inari Rautsi (2007) - https://amzn.to/37lLdqH

Saddam Hussein: A Brief History of the "Butcher of Baghdad", Larry Slawson - https://amzn.to/2PZuIdZ

The Ba'thification of Iraq: Saddam Hussein's Totalitarianism (English Edition), Aaron M. Faust (2015) - https://amzn.to/2tTTZxT

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du