Curiosidades » Brasil

Os anos de chumbo: 5 obras que retratam o Golpe de 64

Há 56 anos iniciava-se o regime militar no Brasil, período marcado pela censura e opressão política

Victória Gearini Publicado em 31/03/2020, às 20h07

Protesto contra o Golpe de 64 no Rio de Janeiro, em 1968
Protesto contra o Golpe de 64 no Rio de Janeiro, em 1968 - Memorial da Democracia

Conhecido como os anos de chumbo, o perído da ditadura militar no Brasil foi iniciado no dia 31 de março de 1964, e foi responsável por tirar o ex-presidente João Goulart do poder. Este regime opressor durou 21 anos e é marcado pela intensa censura à imprensa e às artes, perseguições políticas, mortes e sequestros de opositores. 

A Aventuras na História selecionou 5 obras que retratam o Golpe de 64 e que estão disponíveis na Amazon:

1. Em Nome dos Pais, de Matheus Leitão (2017)

Crédito: Divulgação / Amazon 

 

Para compreender sua história, Matheus Leitão, filho dos jornalistas Marcelo Netto e Míriam Leitão, investigou a fundo o período da ditadura militar no Brasil. A obra Em Nome dos Pais, denuncia os brutais crimes cometidos por militares contra seus pais e outros militantes. 

2. Cativeiro sem fim: as Histórias dos Bebês, Crianças e Adolescentes Sequestrados Pela Ditadura Militar no Brasil, de Eduardo Reina (2019) 

Crédito: Divulgação / Amazon 


A obra Cativeiro sem fim, de Eduardo Reina, reconstitui a terrível saga de crianças e adolescentes que foram perseguidos e torturados durante a ditadura militar no Brasil, por simplesmente serem filhos da oposição. A obra conta, ainda, os inúmeros sequestros de jovens por parte dos militares. 

3. 1964: história do regime militar brasileiro, de Marcos Napolitano (2014) 

Crédito: Divulgação / Amazon 

 

No livro 1964, o renomado historiador Marcos Napolitano desmitifica algumas ideias sobre a ditadura militar, como o "milagre econômico". Segundo o autor, este regime ganhou força graças ao apoio popular, mas na verdade foi extremamante contraditório e opressor. 

4. Mulheres - Ditaduras e Memórias - "Não Imagine Que Precise Ser Triste Para Ser Limitante", de Susel Oliveira da Rosa (2013)

Crédito: Divulgação / Amazon 

 

Por meio de pesquisas e entrevistas as autoras Nilce Azevedo Cardoso, Danda Prado e Flávia Schilling revelam, nesta obra, suas experiências pessoais durante a ditadura e denunciam todas atrocidades que presenciaram e vivenciaram. 

5. A Casa da Vovó: Uma biografia do DOI-Codi (1969-1991), o centro de sequestro, tortura e morte da ditadura militar, de Marcelo Godoy (2015)

Crédito: Divulgação / Amazon 

 

A obra A Casa da Vovó, do jornalista Marcelo Godoy, revela, em detalhes, as barbaridades cometidas dentro do terrível do DOI-Codi. Segundo os relatos do autor, mortes, estupros e torturas eram recorrentes no brutal lugar.


+AH: Memórias da Ditadura Militar


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

1. Em Nome dos Pais, de Matheus Leitão (2017) - https://amzn.to/2GuvrOR

2. Cativeiro sem fim: as Histórias dos Bebês, Crianças e Adolescentes Sequestrados Pela Ditadura Militar no Brasil, de Eduardo Reina (2019) - https://amzn.to/2YFRkmi

3. 1964: história do regime militar brasileiro, de Marcos Napolitano (2014) - https://amzn.to/2QUSnwb

4. Mulheres - Ditaduras e Memórias - "Não Imagine Que Precise Ser Triste Para Ser Limitante", de Susel Oliveira da Rosa (2013) - https://amzn.to/2RloAgy

5. A Casa da Vovó: Uma biografia do DOI-Codi (1969-1991), o centro de sequestro, tortura e morte da ditadura militar, de Marcelo Godoy (2015) - https://amzn.to/341SJGo

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W