Curiosidades » Entretenimento

Para ver neste domingo (20): 'Escobar – A Traição', na Netflix

Lançado em 2017, o filme expõe Pablo Escobar a partir de relatos de sua amante, a jovem jornalista colombiana Virginia Vallejo

Redação Publicado em 20/06/2021, às 11h00

Penélope Cruz e Javier Bardem em cena do longa
Penélope Cruz e Javier Bardem em cena do longa - Divulgação/ Escobar — A Traição (2017)/ Netflix

Após o sucesso da série Narcos, de 2015, dirigida pelo cineasta brasileiro José Padilha, chega aos cinemas 'Escobar — A Traição'. A nova produção foi baseada nos detalhes presentes em 'Loving Pablo, Hating Escobar', (“Amando Pablo, Odiando Escobar”), livro escrito pela jornalista Virginia Vallejo e publicado em 2007.

Assim como a obra, o longa-metragem reproduz o caso de cinco anos entre Vallejo (interpretada por Penélope Cruz) e Escobar (Javier Bardem). E vai além. Em 1983, Vallejo realizou uma entrevista com o chefão de Medellín num lugar insólito: o lixão da cidade.

Naquele dia, encontraria Pablo Escobar, o “C.E.O.” da maior corporação do planeta, que fazia invejáveis US$ 100 milhões por dia e controlava 90% do tráfico de cocaína do mundo. Durante a entrevista, Escobar descreveu os detalhes do projeto de caridade 'Medellín sin Tugurios' (ou “Medellín sem Favelas”).

A partir daquele momento, a relação entre o traficante e a jornalista se tornaria intensa. Vallejo já estava tão envolvida na vida do temido traficante quanto os seus familiares. “Vallejo era uma jornalista muito respeitada na Colômbia. Ela acabou perdendo tudo, sua reputação, sua casa e seus amigos. Ela estava recebendo ameaças de morte”, diz a atriz Penélope Cruz, em entrevista ao The National.

O filme apresenta, pela visão dela, o auge do império de Escobar e a sua queda. Além disso, a produção também expõe a grande corrupção política na segunda metade do século 20, o contexto em que ambas as figuras puderam surgir. Confira o trailer!