Curiosidades » Bizarro

Pica-Pau dublado e tutorial de crochê brasileiro: o bizarro histórico do computador de Bin Laden

O terrorista tinha um acervo curioso de arquivos no computador em seu esconderijo, confiscado em 2011

Caio Tortamano Publicado em 01/09/2020, às 17h42

Osama Bin Laden, líder fundamentalista islâmico
Osama Bin Laden, líder fundamentalista islâmico - Getty Images

Desenhos animados, videogames pirateados e vídeos de tutorial. Esse poderia ser somente o conteúdo de um computador compartilhado em uma casa normal, no entanto, esses itens foram revelados no dispositivo do terrorista mais temido e procurado do século 21, Osama Bin Laden.

Morto em 2011, Bin Laden era apontado como uma das principais lideranças do grupo fundamentalista islâmico Al Qaeda, responsável pelos ataques terroristas ao World Trade Center, em 11 de setembro de 2001.

Seu computador, e outros pertences, foram capturados pela CIA na operação que resultou em seu assassinato, chamada de Neptune Spear. Como consequência, a agência americana revelou detalhes, no mínimo, interessantes em 2018.

Fã de jogos?

As chances de não ser somente o único usuário do computador presente na casa onde a máquina foi obtida são altas, entretanto, ao que tudo indica o dono do objeto era fã de jogos para o videogame Nintendo DS.

Fortaleza de Bin Laden / Crédito: Wikimedia Commons

 

Entre quase meio milhão de documentos sigilosos do Al Qaeda e diários pessoais, estavam arquivos de jogos do personagem Mario Bros, além de games de personagens de animes como Naruto e Dragon Ball.

Os arquivos, liberados em 2018, indicavam que ele também gostava de jogar o quebra-cabeça Zuma, e um jogo de estratégia em tempo real chamado Army Men 2, protagonizado por soldados de brinquedo — daqueles verdes, que podem ser vistos no filme Toy Story.

Videos brasileiros

Todavia, um dos arquivos mais enfadonhos em seu computador certamente eram os vídeos tutoriais que ensinavam leigos a fazer crochê. Os arquivos revelados tinham como descrição: “BOLSAS_DE_CROCHE_-_ARTEMINHA.flv”, e que, se rastreados, tem como origem um blog criado por uma brasileira.

Não era somente um vídeo instalado no computador de Bin Laden, mas sim 30 produções que ensinavam passo a passo a técnica para criação de tecidos. O Brasil, por sinal, também estava presente em outro arquivo no computador do terrorista: um episódio de Pica-Pau dublado em português. 

Equipe do presidente Obama acompanha operação / Crédito: Wikimedia Commons

 

Bin Laden tem um número não confirmado de filhos biológicos - estimativas apontam que eram entre 20 e 26 - e deve ter usado o carismático personagem como forma de entreter as crianças mais novas.

O terrorista era de uma família saudita abastada, que tinha contato direto com a cultura americana, portanto, esses detalhes poderiam explicar o fascínio que o fundamentalista tinha por produtos culturais do Ocidente.


+Saiba mais sobre Osama Bin Laden por meio das obras disponíveis na Amazon:

Bin Laden, Os - Uma Familia Arabe No Seculo Norte-Americano, de Steve Coll (2009) - https://amzn.to/2ZW6950

Procurado: Do 11 de setembro ao ataque a Abbottabad, os dez anos de caça a Osama Bin Laden, de Peter L. Bergen (2012) - https://amzn.to/39X3g8G

Bin Laden não morreu!, de Anderson Fabiano - https://amzn.to/2T3mrYe

Sob a sombra do terror, de Jean Sasson e Omar Bin Laden (2010) - https://amzn.to/37HiWuH

Plano de ataque: A história dos vôos de 11 de setembro, de Ivan Sant'Anna (2014) - https://amzn.to/39NMGba

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W