Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Daniella Perez

Há 52 anos, nascia Daniella Perez

Data foi relembrada pela mãe, Gloria Perez, nas redes sociais: 'Todos os dias são seus'

Redação Publicado em 28/07/2022, às 11h19 - Atualizado em 11/08/2022, às 10h00

A atriz Daniella Perez - Divulgação/ HBO MAX
A atriz Daniella Perez - Divulgação/ HBO MAX

Daniella Perez completaria 52 anos nesta quinta-feira, 11, se não tivesse sido assassinada em 1992 pelo ex-ator Guilherme de Pádua, seu colega de elenco durante a novela "De Corpo e Alma", ao lado de sua então esposa, Paula Thomás.

Celebrando a data, a mãe da atriz, Gloria Perez, usou as redes sociais para fazer uma homenagem para a filha no dia de seu aniversário, publicando um vídeo com várias imagens de Daniella desde a infância até a vida adulta.

"É o seu dia, numa vida — a minha —, em que todos os dias são seus", escreveu ela.

"Esse ano, o documentário ‘Pacto Brutal’ devolveu sua identidade, tirou você do terreno da ficção e resgatou a pessoa real, a pessoa doce, afetuosa, em seu mundo de delicadeza estraçalhado pela ambição e a inveja de um casal de psicopatas", completou.

"Pacto Brutal"

O nome Daniella Perez se tornou um dos mais comentados do Brasil nos últimos dias. A trajetória da atriz e dançarina que foi brutalmente assassinada em 1992 voltou à tona com a estreia do documentário "Pacto Brutal", lançado pela HBO Max. 

Daniella teve a carreira interrompida por de Pádua e Thomaz em 28 de dezembro de 1992., quando foi levada a um local isolado no Rio de Janeiro, onde seu corpo foi encontrado pelas autoridades. Cinco anos depois, no ano de 1997, o então ator foi condenado a 19 anos e seis meses de prisão pelo crime.

Todavia, como estava preso e aguardava julgamento desde o assassinato da Daniella Perez, recebeu a liberdade condicional em 1999, quando cumpriu um terço da pena: seis anos, nove meses e 20 dias, como informado pelo UOL em 2020.

Divulgação/HBO Max

Na época, Glória Perez se manifestou sobre a decisão da Justiça: 

Foram sete anos num segundo. A vida da minha filha vale só isso? Os sete anos de mordomia que Guilherme de Pádua passou dentro da cadeia? Todo o sofrimento daquela noite em que fui buscar minha única filha morta, apunhalada e desovada num matagal, os cinco anos de exposição pública, à espera do julgamento, o peso disso tudo caiu em cima de mim", disse ela na época. 

O brilho de Daniella 

Era o fim da vida de uma jovem de 22 anos que tinha uma carreira promissora. Na Globo, a filha de Glória Perez, autora de novelas, foi lançada ao estrelado na novela 'Barriga de Aluguel', em 1990. Ela interpretava a bailarina Clô

Depois, Daniella brilhou em 'Dono do Mundo'. Lançada em 1991, a jovem atriz interpretou a irmã de Gloria Pires na trama. Conforme repercutido pela Contigo, neste momento Perez recebeu comentários e elogios diante de sua atuação.

Daniella atuando em novela / Crédito: Divulgação

No entanto, foi em 'De Corpo e Alma' que Daniella ganhou os corações dos brasileiros. Na novela escrita por Glória Perez, ela vivia a personagem Yasmin. Vaidosa, a personagem era apaixonada pelo Caio (que fora vivido pelo ator Fábio Assunção).