Curiosidades » Entretenimento

Qual foi a cena mais difícil de gravar nos filmes sobre o caso Von Richthofen na visão de Carla Diaz?

A artista, que viveu Suzane, falou sobre a experiência de atuar em uma produção baseada em um crime real

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 30/09/2021, às 11h24

Carla Diaz como Suzane Von Richthofen
Carla Diaz como Suzane Von Richthofen - Divulgação/Youtube

Desde que entraram para a plataforma de streaming Amazon Prime Video na última sexta-feira, 24, os dois filmes 'A Menina que Matou os Pais' e 'O Menino que Matou Meus Pais' vêm ganhando enorme repercussão.

A atriz Carla Diaz, que viveu Suzane von Richthofen nas produções que contam as duas versões para o crime pelo qual ela cumpre pena até os dias de hoje, contou em seu perfil no Instagram como foi a experiência de interpretar a personagem.

Nesta quarta-feira, 29, a artista de 30 anos revelou ainda qual foi a cena mais difícil de ser feita durante as gravações dos filmes, que estavam sendo esperados desde 2019. Segundo ela, o papel foi um dos mais desafiadores de sua carreira.

"Em 29 anos de carreira, ainda não tinha vivido a experiência de fazer uma personagem baseada em caso real, ainda mais se tratando de uma história tão estarrecedora como essa", escreveu em um dos stories na rede social.

Para Diaz, a passagem mais complexa de ser reproduzida nos longas-metragens dirigidos por Mauricio Eça foi a do julgamento de Suzane no tribunal. 

Ela, no entanto, destacou que a parceria com o ator Leonardo Bittencourt, que interpretou Daniel Cravinhos, namorado da criminosa na época do assassinato dos pais de Suzane, foi essencial para que o resultado fosse positivo. 

"Foi incrível, só nós sabemos como foi importante essa parceria, inclusive com toda a equipe para esse projeto dar certo. Afinal, estávamos gravando dois filmes ao mesmo tempo", afirmou a atriz. 

Os filmes contam duas versões para o crime que chocou o Brasil em 2002: o assassinato de Manfred e Marísia von Richthofen no bairro nobre de Campo Belo, na capital paulista. O trailer pode ser assistido a seguir: