Curiosidades » Segunda Guerra Mundial

A queda de Hitler: obra narra em primeira pessoa a vitória soviética durante a Segunda Guerra

"A Conquista de Berlim: 1945 – A Derrota dos Nazistas", do marechal soviético Vassily Tchuikov, apresenta um relato completo sobre a rendição dos alemães

Redação Publicado em 03/07/2021, às 10h06

Exército Vermelho sendo recebido em Bucareste
Exército Vermelho sendo recebido em Bucareste - Domínio Público, via Wikimedia Commons

Comandante na Batalha de Stalingrado e na subsequente invasão ao território controlado pela Alemanha nazista, o marechal soviético Vassily Tchuikov foi o primeiro a receber a frustrante notícia de que Adolf Hitler havia se matado – e aceitar a rendição dos alemães.

[Colocar ALT]
A Conquista de Berlim: 1945 – A Derrota dos Nazistas, de Vassily Tchuikov (2017) / Crédito: Divulgação / ‎ Editora Contexto

A obra A Conquista de Berlim: 1945 – A Derrota dos Nazistas apresenta, seu relato completo, que vai de Stalingrado a Berlim, mas omite por razões óbvias as atrocidades cometidas pelo Exército Vermelho.

Com críticas ferrenhas contra o Ocidente e elogios à conduta soviética, a obra não promete objetividade, mas é fundamental para quem busca entender o epílogo da Segunda Guerra.

Confira um trecho disponível na Amazon: 

Durante a noite que antecedeu o 28 de maio de 1944, três grupos de reconhecimento, formado por homens experientes que eu conhecia desde a Batalha de Stalingrado, penetraram detrás das linhas inimigas. A noite era de um calor e uma quietude incomuns. Mas, no front, não se deve confiar na quietude, pois ela pode ser enganadora. 

Passei a noite na margem oeste do Dniestre, na cabeça de ponte onde as princiais forças do exército estavam operando, embora o Estado-Maior alemão acreditasse, graças a falsos comunicados e relatos presunçosos, que as tropas russas que ocupavam essa ponte na região de Sharneny-Pugocheny haviam sido esmagadas e davam seu último suspiro. As tropas em questão pertenciam ao 62º Exército, que fora rebatizado de 8º Exército da Guarda após a Batalha de Stalingrado. Os generais alemães queriam muito esmagar esse exército e anunciavam esse desejo como se fosse realidade.


+Saiba mais sobre a obra citada acima por meio da Amazon: 

A Conquista de Berlim: 1945 – A Derrota dos Nazistas, de Vassily Tchuikov (2017) - https://amzn.to/3htgheF

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W


++Saiba mais sobre a Segunda Guerra por meio de obras disponíveis na Amazon:

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W