Curiosidades » Personagem

Quem coroou o imperador Napoleão Bonaparte?

Fato insólito aconteceu na Catedral de Notre Dame, em 1804

Redação Publicado em 01/03/2019, às 09h00

A coroação de Napoleão, por Jean Auguste Dominique Ingres
Getty Images

Em 1804, o general Napoleão Bonaparte exercia as funções de primeiro cônsul vitalício da república francesa. Depois de um plebiscito, tornou-se imperador da França. No dia 2 de dezembro, foi marcada a cerimônia de coroação na Catedral de Notre Dame. O encarregado de coroar Napoleão era o papa Pio VII.

No momento esperado, Napoleão tomou a coroa em suas mãos e coroou a si mesmo, em um gesto de enorme afronta à Igreja. Em seguida, coroou sua esposa, Josefina. "Com a atitude, queria demonstrar que ninguém estava acima dele, nem mesmo o papa", diz o historiador Caio Ferraro, da Unesp. 

A Coroação de Napoleão, de Jacques-Louis David / Wikimedia Commons

 

"O imperador não quer parecer submisso a Pio VII. São ambos, o papa e ele, 'as duas metades de Deus'", diz Max Gallo, na biografia Napoleão. Com a coroação, Napoleão deu início a um refime absolutista, que mudaria a configuração da Europa para o que ele mesmo gostava de definir como Bloco Continental.

O pintor Jacques-Louis David recriou a cerimônia e optou por registrar na pintura a coroação de Josefina. Letícia Bonaparte, mãe do imperador, recusou-se a comparecer, mas Napoleão ordenou que David a incluísse no quadro. Depois da queda do imperador, David foi expulso da França. O quadro está no Museu do Louvre, em Paris.