Curiosidades » Arqueologia

Relembre a impressionante descoberta dos cavalos petrificados de Pompeia

No ano de 2018, uma equipe de arqueólogos italianos encontrou um antigo estábulo

Redação Publicado em 12/09/2021, às 09h00

Cavalo encontrado
Cavalo encontrado - Divulgação / Antonio Ferrara e Riccardo Siano

A erupção do vulcão Vesúvio no ano 79 provocou uma enorme destruição nas regiões de Pompeia e Herculano.

A violência do fenômeno foi tamanha e de velocidade tão rápida que inúmeras pessoas foram surpreendidas enquanto realizavam tarefas cotidianas. O que restou para nós, quase 2 mil anos depois, são verdadeiros tesouros arqueológicos.

Com a forma dos corpos marcadas no solo, os corpos permaneceram como se o tempo nunca tivesse passado, assim como diversos artefatos foram preservados.

No entanto, além de formatos humanos, foram encontrados também animais que tiveram papel importante na vida daquelas pessoas. A escavação dos cavalos de Pompeia, no ano de 2018, foi, sem dúvida, uma das mais importantes.

O animal petrificado / Crédito: Divulgação / Antonio Ferrara e Riccardo Siano

 

Equinos petrificados

Era mês de maio quando uma impressionante descoberta foi realizada por uma equipe de arqueólogos italianos que escavava os antigos suburbios de Pompeia. Conforme informações do portal DW, estes se depararam com um estábulo que abrigava restos petrificados de cavalos, além de objetos como selas.

Na época, o chefe do parque arqueológico de Pompeia, Massimo Osanna, declarou à agência de notícias Ansa que a casa à qual a estrebaria pertencia era de propriedade de um oficial militar de alta patente. Segundo a fonte, os arqueólogos acreditam que ele pode ter sido um general em seu tempo.

Os cavalos de Pompeia / Crédito: Divulgação / C. Abbate

 

O estábulo, que tinha vista para o golfo de Nápoles e para a ilha de Capri, já havia sido escavado no início do século 20, mas acabou sendo enterrado novamente logo em seguida.

Adereços luxuosos

Junto aos cavalos, que seriam de raça pura, foram encontrados acessórios de montaria utilizados por militares da época. Mas, não era só isso. Havia ainda ornamentos feitos à base de bronze, os quais eram típicos de desfiles.

Profissional junto à descoberta /Crédito: Divulgação / C. Abbate

 

Os especialistas acreditam que os animais estariam prontos para deixar o local quando, de repente, a erupção vulcânica se aproximou. Presos no estábulo, eles não conseguiram se salvar e, assim, foram acometidos por cinzas ou névoas efervescentes, conforme declarou Osanna.

De acordo com o chefe do sítio arqueológico, 2 milhões de euros seriam concedidos para que os arqueólogos continuassem escavando a região, o que possibilitaria novas descobertas.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Pompeia: A vida de uma cidade romana, Mary Beard (2016) - https://amzn.to/2X9ITir

Os Últimos Dias de Pompéia, Edward Bulwer-Lytton (2005) - https://amzn.to/2Q7p5uA

Vulcano, os Vulcões Italianos, Tara Castelli Felice (e-book) - https://amzn.to/33CEGGB

Pompéia, Robert Harris (2005) - https://amzn.to/2NFVmYd

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W