Curiosidades » Comunismo

Revolução de 1917: obra apresenta a propaganda por trás da Guerra Civil Russa

"História da Guerra Civil Russa: 1917-1922", de Jean-Jacques Marie, revela documentos sobre ambos lados da Revolução Russa

Redação Publicado em 03/07/2021, às 13h13

Retrato de Lenin, principal idealizador da Revolução de 1917
Retrato de Lenin, principal idealizador da Revolução de 1917 - Getty Images

A história é contada pelos vencedores. E pelos perdedores também, quando eles vivem para contá-la, como aqueles que lutaram no Exército Branco, em oposição aos vermelhos bolcheviques num conflito que durou longos cinco anos após a Revolução de 1917. Nenhum relato é isento.

[Colocar ALT]
História da Guerra Civil Russa: 1917-1922, de Jean-Jacques Marie (2017) / Crédito: Divulgação / ‎Editora Contexto

Foi tentando atingir um balanço realista que o historiador francês Jean-Jacques Marie mergulhou em documentos para criar seu tomo sobre a Guerra Civil Russa, na qual algumas fontes falam em até 9 milhões de mortos. E o autor começa por contestar esses números como propaganda. Para ele, a fatura fica em torno de (ainda terríveis) 3,5 milhões.

Além desse saudável ceticismo para com as mentiras de ambos os lados, Marie lembra uma parte que os dois também quiseram varrer para debaixo do tapete, um pouco falado inimigo. O que é insólito, porque poucos que escrevem a História tentam apagar seus adversários vencidos – que são, afinal, o testemunho de seu triunfo. O sumiço é porque ambos os lados se consideravam defensores do povo russo.

Os brancos, por serem guardiões da tradição e da fé. Os vermelhos, porque faziam a revolução em nome dele, representavam seus interesses de classe – o que eles realmente deviam querer se tivessem consciência. E o povo não concordou.

Além dos brancos e vermelhos, havia os verdes, camponeses que se revoltaram contra as atrocidades e pilhagens dos brancos e dos experimentos de coletivização e perseguição pelos vermelhos.

A obra História da Guerra Civil Russa: 1917-1922 saiu em francês em 2005 e ganhou sua primeira edição brasileira no aniversário dos 100 anos da revolução, em 2017. Marie é um dos maiores especialistas franceses em União Soviética e comunismo.


+Saiba mais sobre a obra citada acima por meio da Amazon: 

História da Guerra Civil Russa: 1917-1922, de Jean-Jacques Marie (2017) - https://amzn.to/3dHSu9Q

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W


++Saiba mais sobre a Revolução Russa por meio de obra disponíveis na Amazon:

Em meio à revolução, de Helen Rappaport (2021) - https://amzn.to/3qw6TKD

A revolução dos bichos: Um conto de fadas, de George Orwell (2007) - https://amzn.to/2KO3yU1

História Concisa da Revolução Russa, de Richard Pipes (2008) - https://amzn.to/2soj2rQ

A Revolução Russa, de Sheila Fitzpatrick (2017) - https://amzn.to/2OqKBJD

Outubro: História da Revolução Russa, de China Mieville (2017) - https://amzn.to/2DkSp9m

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W