Curiosidades » Entretenimento

“Ser o Coringa era física e mentalmente desgastante”: a saga de Heath Ledger

Heath, que morreu após uma overdose acidental, marcou a história da DC ao imergir completamente no arquirrival de Batman

Caio Tortamano Publicado em 08/11/2020, às 10h00

Heath Ledger como Coringa em O Cavaleiro das Trevas
Heath Ledger como Coringa em O Cavaleiro das Trevas - Divulgação

Dono de um talento único, Heath Ledger teve uma carreira marcante, especialmente pelo papel em Batman: O Cavaleiro das Trevas, como o icônico Coringa. O filme ganhou repercussão antes de sua estreia, em 2008, depois de Ledger ter sido encontrado morto em seu apartamento de Nova York.

Ainda sem saber exatamente a causa da morte do rapaz de 28 anos, surgiram rumores de que o ator teria morrido por conta de seu mais recente papel, após imergir completamente no arquirrival de Batman.

Ledger, de fato, entrou de cabeça no personagem. Em entrevistas afirmou ter buscado o maior número possível de obras a respeito do Palhaço do Crime. Ao New York Times, Ledger havia afirmado que “ser o Coringa era física e mentalmente desgastante”, o que fazia com que o artista só conseguisse dormir durante duas horas por noite.

Para dar o seu melhor durante as gravações, o ator se trancou em um quarto de hotel em Londres, carregando um diário onde documentava todo o processo e as percepções que tinha ao longo dos meses.

O famoso diário foi utilizado como uma espécie de evidência para mostrar que Heath teria ficado mentalmente desestabilizado graças ao Coringa. Além disso, conspiracionistas ficaram fervorosos ainda por cima ao notarem que, na última página desses relatos, o ator escreveu “adeus”. Assim, tudo foi afirmado para sustentar uma possível maldição.

Última página do diário de Heath / Crédito: Reprodução

 

Contudo, de acordo com relatos da própria irmã de Ledger, Kate, o astro estava longe de ter vivenciando um momento de profunda depressão. Segundo ela, “Ele estava se divertindo. Ele não estava deprimido com o Coringa”, afirmou a mulher no documentário I Am Heath Ledger — obra póstuma sobre a carreira e vida do ator.

Dentre os inúmeros registros do australiano, o ator estudou a movimentação de marionetes, já que era algo que o amedrontavam um pouco — trouxe para sua versão de Coringa um jeito de andar peculiar, se assemelhando a um boneco de ventriloquismo. Além do fantoche, diversas imagens de hienas foram encontradas em suas anotações, também levando a personalidade dos animais para as telonas.

Outra referência importante para Heath foi a atuação de Malcolm McDowell como Alex, em Laranja Mecânica, um sádico líder de uma gangue de arruaceiros em um futuro distópico.

Faz bastante sentido pensar nessa relação entre os personagens, já que o próprio Heath chegou a definir o Coringa para o Empire como um “sociopata absoluto, um palhaço de sangue frio e assassino em massa”.

Morte

Então, afinal, qual teria sido a razão da morte do artista? Após uma extensa análise toxicológica no defunto de Heath, foi constatado que o homem morreu em decorrência de uma overdose acidental após combinar medicamentos legais e receitados.

O ator Heath Ledger / Crédito: Wikimedia Commons

 

Para combater a falta de sono e a ansiedade que sofria, ele chegou a tomar oxicodona, hidrocodona, diazepam, temazepam, alprazolam e doxilamina. A mistura foi fatal: um dos mais talentosos atores de sua geração partiu deixando um legado grandioso nas telonas.


+Saiba mais sobre o tema por meio das obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du