Curiosidades » Personagens

Subornos, sexo e nepotismo: 5 fatos polêmicos sobre os Bórgias

No renascimento, a importante família nutriu casos incestuosos, suborno e orgias em pleno contexto religioso

Vanessa Centamori Publicado em 26/03/2020, às 08h00

Poster do filme Os Bórgias
Poster do filme Os Bórgias - Divulgação

Os Bórgias possuem uma fama sombria, que inclui subornos, sexo e nepotismo. Mas foi nesse meio que foram eleitos três papas provenientes do poderoso clã. Uma das famílias mais influentes do século 15 e 16, eles se ergueram pela Espanha. Então se estabeleceram em Roma, sede da Igreja

Seus quatro principais membros são lembrados como exemplos de maldade e ganância. São eles dois papas: Calixto III ( Afonso Bórgia) e Alexandre VI ( Rodrigo Bórgia); um cardeal, César Bórgia; e ainda não podemos nos esquecer de Lucrécia Borgia, irmã de Cesar e símbolo da crueldade feminina.

Veja abaixo alguns fatos polêmicos sobre essa influente dinastia dos Bórgia.

1. Rodrigo, o papa Alexandre VI, era extremamente mulherengo  

Rodrigo Bórgia era sobrinho de Afonso, o papa Calixto III, que o fez cardeal em 1456, além de vice-chanceler em 1457. Sua profissão adquirida por influência do tio exigia que Rodrigo cumprisse com o voto de permanecer celibato. Mas ele não seguia nem um pouco essa obrigação. 

Alguns relatos sugerem que Rodrigo era muito bonito e dotado da habilidade de falar com boa retórica. Mulheres eram tão atraídas por ele, que boatos diziam até que tal atração era mais forte do que o ferro que é atraído para um ímã. 

O papa Alexandre VI ( Rodrigo Bórgia) / Crédito: Wikimedia Commons 

 

O cardeal tentou manter uma imagem que agradasse os meios políticos da Igreja Católica. Mas ele acabou sendo advertido pelo papa Pio II, que ficou sabendo do seu comportamento promíscuo. O religioso mantinha em segredo vários relacionamentos com mulheres - e ele teve até alguns filhos bastardos. 

Pio II descobriu de algo que o chocou muito: Rodrigo Bórgia tinha organizado uma orgia em um jardim de Siena. Na ocasião, os homens que levaram as mulheres até a festança eram proibidos de entrar. 

2. Casos incestuosos 

Há relatos que dizem que a filha de Rodrigo Bórgia fazia enorme orgias em celebrações com mais de 50 mulheres peladas, que satisfaziam os desejos do papa, em seus plenos 70 anos de idade. Prêmios eram dados para um homem que estivesse entre os presentes e fosse capaz de transar com o maior número de prostitutas.

Lucrécia Bórgia / Crédito: Wikimedia Commons 

 

Das orgias não participava apenas Rodrigo, como também seus filhos, Cesar e Lucrécia Bórgia, que ficavam no local para também aproveitar do espetáculo de lascívia. Lucrécia, que era filha ilegítima, já foi para a cama tanto com o irmão, quanto com o pai.

Não bastasse isso, a moça também foi amante - e também mãe - dos quatro filhos preferidos de Rodrigo Bórgia; além de ter tido supostamente um caso com o cardeal Giuliano della Rovere, principal inimigo de Rodrigo – e que mais tarde se tornaria o papa Júlio II.

4. Assassinatos e disputas internas

Os Bórgia não assassinavam apenas seus inimigos, como também houve muitas reviravoltas e confusões dentro da própria família. E uma dessas envolveu ciúmes e disputa por poder entre irmãos.

Alexandre VI tinha a intenção de dar o trono de Naples para seu filho mais velho, Giovanni. Só que seus planos foram interrompidos em junho de 1497, quando o corpo de seu filho foi encontrado no Rio Tibre. A garganta dele havia sido cortada e havia nove marcas de facadas em seu cadáver.

Giovanni Bórgia / Crédito: Wikimedia Commons 

 

O óbito ocorreu quando Giovanni tinha 20 anos de idade. Ele possuía inúmeros casos com mulheres casadas e vários inimigos, mas há uma teoria que diz que seu assassino foi o próprio irmão, César Bórgia. O motivo seria que os dois irmãos tinham uma rixa, disputando o amor da cunhada, Sancia, ou ainda a afeição da própria irmã, Lucrécia.

Alexandre Bórgia ficou devastado com a morte do filho, mas preferiu que ninguém fosse formalmente acusado do crime. Cesar até ocupou o espaço do coração do pai, no lugar do falecido Giovanni. 

5. César não tinha vocação e nem queria ser um cardeal 

Um ano depois da morte de Giovanni, César convenceu o pai para que ele pudesse abandonar suas tarefas religiosas. Aproveitou que em 1498, o Rei Luís XII, da França, queria se divorciar da esposa. Pediu favores então para o rei, em troca de aprovar a separação. 

Alexandre VI exigiu muito dinheiro e uma duquesa com poder político relevante para se casar com César Bórgia. Luís ainda teve que nomear César como membro da Ordem de São Miguel, da França. O suborno foi aceito com sucesso, e César se tornou o primeiro homem na história a desistir do posto de cardeal.

Retrato de César Bórgia / Crédito: Wikimedia Commons 

 

5. O livro “O Príncipe”, de Nicolau Maquiavel, foi baseado na vida de César Bórgia 

Ao que tudo indica, os fins justificavam os meios para César Bórgia. Enquanto estava em Senigália, na Itália, ele conheceu pessoalmente o pensador Nicolau Maquiavel, que era embaixador em Florença. 

Maquiavel ficou impressionado com a atitude e com os extintos de César, tanto que escreveu “O Príncipe” com base na tirania do homem. O filósofo considerou que o egoísmo e oportunismo eram qualidades vitais para qualquer tipo de governança. 

Em seu livro, Maquiavel até cita o modo como César levava seus principais rivais para a cidade de Sinigalia, onde todos eram estrangulados até a morte. Entre os rivais mortos cruelmente pelo impiedoso homem estava Vitellozzo Vitelli, um dos generais de César. 


++Saiba mais sobre o assunto por meio das obras da Amazon

Os Bórgias, Mario Puzo (2002) - https://amzn.to/393xJkK

Alexandre VI: Bórgia, o papa sinistro, Volker Reinhardt (e-book) - https://amzn.to/35Nemut

Bórgia. O Poder e o Incesto - Volume 2, Milo Manara (2010) - https://amzn.to/2scZ3MP

Pecados da casa dos Borgia, Sarah Bower (e-book) - https://amzn.to/2ZjdBa6

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du