Curiosidades » Grécia Antiga

Batalha de Termópilas: Existiram apenas 300 soldados lutando contra 1 milhão de guerreiros?

Segundo Heródoto, os números eram distantes. Mas será que podem ser levados ao pé da letra?

Isabela Barreiros Publicado em 22/11/2019, às 08h00

Leônidas em Termópilas, pintura de Jacques-Louis David, 1814
Leônidas em Termópilas, pintura de Jacques-Louis David, 1814 - Getty Images

A invasão persa foi um evento tão dramático para os gregos que, na hora de estimar o tamanho de suas forças, é difícil separar a mitologia da história. A Batalha das Termópilas foi travada em 480 a.C., no período da Segunda Guerra Médica.

O pequeno exército de Leônidas, rei e general de Esparta, batalhou incansavelmente contra o massivo exército persa durante três dias seguidos. É estimado que eram 300 soldados contra 1 milhão de combatentes. Mas esses números podem ser levados ao pé da letra?

Na verdade, não exatamente. Eram 300 soldados espartanos lutando na guerra, porém, eles contavam com ajuda. Esparta havia feito inúmeras alianças com outras cidades-estados gregas, que agregaram muitos guerreiros à batalha. Estima-se que por volta de 7 mil gregos tenham participado do combate.  

Crédito: Getty Images

 

Eram 1,7 milhão de homens persas, segundo o historiador Heródoto, do século V. Para a maior parte dos historiadores modernos, porém, a força de Xerxes não passou de 200 mil soldados, incluindo uns 10 mil cavaleiros. Os persas contavam também com mil navios, que se reduziram a 650 ao fim da campanha.

No mar, após um dia de combate, tanto gregos quanto persas tinham sofrido baixas pesadas. Temístocles e Euribíadas já cogitavam uma retirada, quando um mensageiro chegou para avisá-los do fim de Leônidas. Graças à traição e à falta de homens no desfiladeiro, o caminho para Atenas estava aberto para Xerxes.

Após a derrota, logo correu a história de que o fim de Leônidas teria sido previsto pelo oráculo de Delfos. Segundo a profecia, ou Esparta seria destruída ou perderia um de seus reis: assim, Leônidas teria se sacrificado deliberadamente para evitar o fim de sua cidade.


Saiba mais sobre a Grécia Antiga por meio das obras abaixo:

História antiga Grécia e Roma: A formação do Ocidente,  Flávia Maria Schlee Eyler, 2014 - https://amzn.to/3332EdE

História antiga, Norberto Luiz Guarinello, 2013 - https://amzn.to/2N7t20D

Economia e sociedade na Grécia antiga, M. I. Finley, 2013 - https://amzn.to/2C3hzsp

Grécia Antiga, Stewart Ross, 2011 - https://amzn.to/334iSTb

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.