Curiosidades » Personagens

Conheça as notórias últimas palavras de 20 figuras históricas

De Maria Antonieta a Che Guevara, eles se foram com estilo... ou muito pelo contrário

Paula Lepinski e Thiago Lincolins Publicado em 17/03/2019, às 14h00

None
Reprodução

1. Karl Marx (1818 - 1883), revolucionário

"Últimas palavras são para tolos que não disseram o suficiente."


2. Leonardo da Vinci (1452 - 1519), polimata

"Eu ofendi Deus e a humanidade porque meu trabalho não alcançou a qualidade que deveria."


3. Isaac Newton (1642 - 1727), físico

"Parece que fui apenas um menino brincando na beira do mar e me divertindo ora ou outra em encontrar seixos mais lisos e conchas mais bonitas do que o comum, enquanto um oceano de verdade jazia não revelado diante de mim."


4. Charlie Chaplin (1889 - 1977), ator

"Por que não? Afinal, pertence a ele", após um padre dizer: “Que o Senhor tenha misericórdia da sua alma”.


5. Luís XIV (1638 - 1715), o Rei Sol da França

"Por que você chora? Achou que eu era imortal?"


6. Winston Churchill (1874 - 1965), primeiro-ministro britânico

"Estou entediado com tudo isso."


7. Ernesto "Che" Guevara (1928 - 1967), revolucionário argentino

"Eu sei que você veio me matar. Atire, você só vai matar um homem."


8. Charles Darwin (1809 - 1882), naturalista

"Eu não estou nem um pouco com medo de morrer."


9. Pancho Villa (1878 - 1923 ), revolucionário mexicano

"Não deixe terminar assim. Diga a eles que eu falei algo."


10. Arquimedes (287 a.C. – 212 a.C), físico

"Afaste-se do meu diagrama, rapaz!", disse para um soldado durante a Segunda Guerra Púnica.


11. Alfred Hitchcock (1899 - 1980), cineasta

"Nada se sabe sobre o final. É preciso morrer para saber exatamente o que acontece após a morte, embora os católicos tenham suas esperanças."


12. Frida Kahlo (1907 - 1954), pintora

"Espero que a saída seja prazerosa, e espero nunca retornar."


13. Nostradamus (1503 - 1566), profeta

"Amanhã, ao nascer do sol, eu não vou mais estar aqui."


14. Jean-Philippe Rameau (1683 - 1764), compositor

"Que diabos você está cantando para mim, padre? Está fora de tom", disse enquanto uma música tocava ao lado de sua cama.


15. Frédéric Chopin (1810 - 1849), compositor

"A terra é sufocante… Jure fazê-los me abrir, assim não serei enterrado vivo." Teve seu desejo atendido. Seu coração foi removido e está preservado em conhaque até hoje.


16. Oscar Wilde (1854 - 1900), escritor

"Ou esse papel de parede vai embora, ou eu vou."


17. Thomas Edison (1847 - 1931), inventor

"É bem bonito lá fora."


18. Maria Antonieta (1755 - 1793), rainha

"Perdoe-me, senhor!", disse ao pisar no pé de seu carrasco enquanto se dirigia à guilhotina.


19. Vladimir Ilyich Lenin (1870 - 1924), revolucionário

"Bom cachorro!", disse a um cachorro que lhe trouxe um pássaro morto.


20. Groucho Marx (1890-1977), comediante

"Isso não é jeito de viver!"


Saiba mais

Last Words of Notable People: Final Words of More than 3500 Noteworthy People Throughout History, William B. Brahms, 2010