Curiosidades » Entretenimento

Veja 5 episódios de desenhos que foram banidos

Apesar de, geralmente, os desenhos serem destinados as crianças, alguns deles acabaram passando dos limites e tiveram que ser censurados

Fabio Previdelli Publicado em 12/08/2020, às 16h27

Imagem ilustrativa do Pikachu com a palavra censored
Imagem ilustrativa do Pikachu com a palavra censored - Creative Commons

1. Tiny Toons

Nos anos 1990, o cartoon Tiny Toon Adventures foi um grande sucesso. O show que teve como produtor executivo Steven Spielberg, acompanhava as aventuras de um grupo de personagens de desenhos animados jovens que frequentam a Acme Looniversity. Com personagens marcantes como Perninha, Lilica, presuntinho e a extremamente carinhosa Felícia, a série foi antecessora dos Animaniacs.

Cena do polêmico episódio de Tiny Toons / Crédito: Divulgação

 

Porém, apesar de fazer muito sucesso entre as crianças, um episódio acabou passando dos limites e teve que ser tirado do ar. Nele, Perninha, Plucky Duck e Presuntinho bebem algumas cervejas, roubam um carro e sofrem um acidente de carro — assim, eles acabam indo para o céu. Apesar de ser tentar passar uma mensagem consciente de que álcool e direção não se misturam, a história acabou sendo barrada.


2. Os Flintstones

Criada pelos lendários William Hanna e Joseph Barbera, Os Flintstones começaram a fazer sucesso na década de 1960, embora muitos ainda lembre da família da Idade da Pedra até hoje — principalmente pela adaptação cinematográfica com atores reais que a franquia recebeu.

Porém, a polêmica que envolve esse episódio de Os Flintstones não foi visto como algo tão proibido assim para a época. Tudo porque, em 1960, a propaganda de cigarros era algo bem comum, tanto é que uma marca decidiu estampar sua marca de tabaco — a Winslon — decidiu estampar sua marca em uma cena do show.

Barney e Fred fumando cigarros / Crédito: Divulgação

 

Entretanto, com o passar do tempo, principalmente por se tratar de um programa para crianças, esse episódio acabou sendo retirado do ar. Além da sugestão para consumir um produto nocivo a saúde, o desenho também continha diversos diálogos machistas entre os dois homens das cavernas.


3. Pokémon

Criado em 1995 por Satoshi Tajiri, Pokémon transcendeu gerações e é uma verdadeira febre até hoje, com inúmeros filmes, desenhos, colecionáveis e tudo mais que se possa imaginar. Apesar disso, a jornada de Ash Ketchum teve que ter um episódio retirado do ar por um motivo inusitado, mas muito perigoso.

Sequência de raios de choque do Pikachu podia causar epilepsia em algumas crianças/ Crédito: Divulgação

 

Afinal, no episódio “Porygon, o soldado elétrico”, uma cena que apresenta uma sequência de luzes causada por um ataque de choque de Pikachu, combinado com outro Pokémon, poderia causar sensações de mal estar, dores de cabeça e, em alguns casos mais extremos, desencadear ataques epiléticos em crianças. Com todos esses relatos, o episódio não foi mais exibido.


4. Laboratório de Dexter

Quem viveu o auge da Cartoon Network provavelmente vai se lembrar de um dos desenhos mais icônicos daquela época: O Laboratório de Dexter. Criado pelo cartunista russo-americano Genndy Tartakovsky, a animação acompanhava a vida do menino prodígio Dexter, que possuía um enorme laboratório secreto e era constantemente atazanado pela sua irmã Dee Dee.

Cena de Rude Removal / Crédito: Divulgação

 

Mas o que coloca Dexter nessa lista é um episódio que foge bastante da narrativa original da série. Chamado de “Rude Removal”, o episódio era repleto de piadas internas dos produtores, sendo que muitas delas continham uma série de palavrões e obscenidades dos personagens. Apesar de nunca ser exibido na televisão, Rude Removal acabou caindo no conhecimento público muito anos após sua criação, quando foi disponibilizado no YouTube.


5. South Park

Quando falamos de desenhos polêmicos, se torna praticamente impossível não citarmos South Park. Afinal, em mais de suas 20 temporadas, a sitcom americana criada por Trey Parker e Matt Stone caçoou e humilhou centenas de celebridades, países, estereótipos sociais, e tudo mais aquilo que você pode imaginar. Mas até para eles as coisas tem seus limites.

Personagens de South Park / Crédito: Divulgação

 

No episódio em questão, as crianças da cidade invocam um esquadrão formado por super-heróis que é formado por diversas figuras religiosas, inclusive o profeta Maomé. Acontece que o episódio foi ao ar apenas dois meses depois dos atentados de 11 de setembro. Assim, como naquela época havia diversas ameaças de ataques de grupos de fundamentalistas islâmicos, o Comedy Central — canal onde o desenho era exibido — achou melhor retirar esse episódio do ar para sempre, sendo que nem mesmo em dvd’s da série ele pode ser encontrado.


+Saiba mais sobre o desenhos animados por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

A Fórmula do Desenho Animado: Era Dourada do Cinema de Animação, Televisão e a Ascensão dos Animes, de Rafael Duarte Oliveira Venancio (Ebook) - https://amzn.to/3al35EG

Desenhos Inesquecíveis, de Worney Almeida de Souza (Ebook) - https://amzn.to/3gS8xBh

Os Simpsons e a filosofia, de Aeon J. Skoble (2014) - https://amzn.to/2XX2Me6

Animaq - Almanaque dos desenhos animados, de Paulo Gustavo Pereira (2010) - https://amzn.to/2ClmBUW

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W